comparacao

Auto-imagem e Autocrítica

Você sabe como é percebido pelos outros? Já perguntou para seus amigos o que acham de você? Você sabia que a sua auto imagem pode ser completamente diferente da percepção externa?  Você sabia que você pode estar completamente enganado e por conta destes pontos cegos pode estar tendo dificuldades nos relacionamentos pessoais e profissional? É muito difícil enxergamos nossos defeitos sozinhos. O feedback é uma ferramenta funcional  na identificação dos nossos pontos fortes e pontos fracos.

 

Em um dos meus treinamento fiz uma das atividades habituais  com grupo. Pedi que cada pessoa escrevesse em um pedaço de papel  a forma como achavam que eram percebidos.  Em um segundo momento pedi que cada pessoa escrevesse como percebiam cada uma das pessoas presentes no treinamento.  Uma informação importante,  as pessoas não se conheciam. Estas informação eram baseadas na primeira impressão, ou seja, a percepção que criamos nos primeiros segundos. Uma impressão baseada na leitura que fazemos através da comunicação não verbal  que está ligada à aparência e linguagem corporal e eventualmente de uma comunicação verbal. E você sabia que a primeira impressão é a que fica. Quanto todos terminaram de escrever peguei os papéis e fiz uma tabela no quadro com a percepção externa de todos os participantes.  Pedi que cada um observasse sua auto análise junto com a percepção externa e a partir daí tirassem suas conclusões. O resultado eu já sabia,  uma grande diferença entre a auto imagem e a percepção externa. Mas o que me chamou muito a atenção neste grupo foi uma participante que começou a chorar compulsivamente.  Ela estava transtornada com o resultado final porque o resultado final era completamente diferente.  Ela se via como uma pessoa simpática, comunicativa e acessível . Entretanto a percepção externa era de uma pessoa antipática, arrogante e reservada.  Este é um exemplo típico de auto imagem distorcida.  É preciso identificar os pontos cegos e trabalhá-los com o objetivo de anulá-los e fortalecer os pontos fortes para que sejam percebidos já na primeira impressão. Uma boa impressão será fundamental para uma percepção positiva.

 

Um estudo do Departamento de Psicologia da Universidade de Nova York mostrou que as primeiras impressões são feitas em duas regiões do cérebro. As amígdalas, não as da garganta, mas as do cérebro, a mesma região que processa o instinto de sobrevivência, em seguida esta informação é passada para o neo córtex que irá processar as informações.  A partir deste momento estas informações são registradas no cérebro e dificilmente conseguimos mudar as informações armazenadas.  Estas informações não somente ficarão armazenadas, como nosso cérebro irá buscar informações no outro para confirmar o que já está registrado, ou seja, se percebi uma determinada pessoa como antipática, o nosso cérebro irá sempre buscar algo que confirme esta percepção. Por este motivo a primeira impressão é a que fica e dificilmente conseguiremos mudá-la. Assim sendo, muita atenção à sua auto imagem. Fazer o exercício de feedback junto às pessoas próximas e alinhar sua auto imagem à percepção externa, é fundamental para que enganos não aconteça.

Artigos Relacionados

Patricia Dalpra é Estrategista em personal branding e gerenciamento de carreira.

O trabalho que Patricia Dalpra desenvolve surgiu de uma vontade e de uma certeza: vontade de levar pessoas e empresas a crescer, alcançar seus objetivos de negócios e de imagem e se relacionar melhor com outras pessoas e empresas; e certeza de que um trabalho estruturado de gestão de imagem e carreira é um dos melhores caminhos para se chegar lá.

Ao longo de mais de uma década, a Patricia Dalpra já trabalhou para centenas de profissionais, executivos, empresários, atletas, instituições e empresas.

Specialties: Gestão de imagem, gestão de carreira e coaching. Personal branding, branding executivo, brand on, brand off, estudo do dna pessoal e corporativo e comunicação.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *