anita e o xeque-mate na carreira

Anitta e o “Xeque-mate” na carreira que todo mundo deseja

Sempre que falamos de gestão de imagem e carreira apontamos para 4 pontos importantes: estudo da essência da marca, identificação dos atributos, traçar a estratégia de posicionamento e planejar a comunicação. A questão é que por mais que algumas pessoas achem que gerir uma carreira é uma tarefa fácil, muitas outras se sentem perdidas e não conseguem nem identificar o diferencial da sua marca pessoal no mercado. E, mais ainda, encontram várias situações ao longo do caminho que podem se converter em crises irreversíveis como você pode ver no caso Biel e do Ryan Lotche. No entanto, há um caso em especial que nos mostra como a gestão correta da carreira deve ser feita: o caso Anitta.

Como ela mesma falou em seu instagram, ela é uma “mulher, jovem, transparente e favelada” e, se me permite fazer uma observação, é também a grande marca do Brasil. Digo marca porque seu sucesso ultrapassa o mercado fonográfico. A cantora se tornou um grande case de marketing e eu te explico o porquê.

Vamos começar desvendando os títulos que ela mesma se colocou: Anitta é uma mulher na liderança, pertencente a geração y e que começou a carreira sem nenhum privilégio. É importante tocar nestes pontos porque, sabendo-se que gerir uma carreira não é uma tarefa fácil, ela conseguiu mesmo com toda a desigualdade de gênero, a inconstância característica da geração y, começando a carreira na periferia do Rio de Janeiro e cantando um ritmo desvalorizado socialmente: o funk. Bem, e a transparência realmente é um dos seus grandes trunfos.

Duas coisas que os consumidores mais querem hoje em dia são: transparência e se sentirem representados pelas marcas. De acordo com a Meio & Mensagem, uma pesquisa divulgada em julho deste ano pelo Instituto Locomotiva revelou que “três de cada quatro brasileiros, cerca de 76%, afirmam que as propagandas deveriam representar melhor a diversidade da população brasileira”. Além disso, quando “o recorte é feito por grupos específicos, a pesquisa mostra que a percepção de não representatividade é maior para os negros”, o que nos mostra uma questão social.

Já uma pesquisa feita pela TrendWatching e divulgada pela Folha de São Paulo, mostrou que as marcas estão apostando em conceitos como empoderamento e transparência para superar a crise de confiança dos brasileiros e se adequar ao tempo das redes sociais.

A Anitta, então, se enquadra completamente no que as marcas estão buscando. Ela é um artista que sempre lutou pelas minorias e pelo empoderamento da mulher, e ainda tem características em sua marca pessoal que são imprescindíveis para que uma marca se torne top of mind, que é: a transparência, a autenticidade, a consistência de sua imagem, a relevância em meio ao seu público e ainda tem uma história por trás de seu sucesso. Com isso, pode-se entender o sucesso publicitário da cantora.

Além disso, a cantora sabe usar muito bem o marketing digital a seu favor! Começando pelas grandes parcerias, o co-branding, Anitta soube muito bem escolher os artistas com os quais compartilha hits de sucesso. A sua versatilidade a permitiu criar grandes parcerias nacionais e internacionais que dependeram de um planejamento de marketing muito bem traçado e que apostou muito no meio digital. Anitta lança primeiro suas novidades no Youtube, Spotify e demais serviços de streaming antes de lançar suas músicas e videoclipes na TV e nas rádios.

Seu recente projeto “Xeque-Mate” é um exemplo claro de estratégia de marketing bem traçada. Além da parceria com artistas internacionais, ela ainda fez parceria com a marca C&A, que se tornou responsável por todo o figurino de seus clipes, bailarinos e de sua recente apresentação no Prêmio Multishow.

E sabendo-se que o tráfego dedicado ao consumo de vídeos online vai chegar a 80% em 2019, Anitta percebeu que era importante criar uma estratégia que permitisse a ela ter uma frequência maior no canal. Com isso, surge a ideia de lançar um clipe por mês até o final de 2017.

Essa coisa de ouvir disco faz parte cada vez mais de um nicho específico, hoje em dia a tendência do mercado fonográfico é o lançamento de single associado ao videoclipe. Então, lançar um single por mês faz com que Anitta esteja presente várias vezes na playlist do seu consumidor e isto a leva a patamares altos nos serviços de streaming como o Top 100 Mundial do Spotify. Além disso, o videoclipe mantém a frequência que a Anitta precisa para o Youtube. Fora que, ao lançar um videoclipe, muitas outras pessoas começam a produzir conteúdo sobre o mesmo, mantendo ativa a comunicação da cantora com seu público.

Outro ponto importante é o uso das redes sociais. Anitta faz parte do Social 50 da Billboard americana, ocupando o 17º lugar em setembro, segundo o Portal Popline. E mais, o Instagram divulgou que Anitta é a maior produtora de Instagram Stories do mundo.

O projeto “Xeque-Mate” também ajudou seus números nas redes sociais, visto que ao espalhar peças de xadrez por várias cidades do Brasil antes de divulgar seu novo single do mês, a cantora ativou a comunicação em torno de sua marca. Como sendo também uma estratégia de marketing de guerrilha, ela se torna impossível de ser ignorada e provoca uma reação imediata em seu público. As pessoas começam a postar fotos nas redes sociais e a especular sobre seu novo single e videoclipe, gerando um awareness para seu novo projeto.

Além do co-branding e das estratégias no Youtube, de guerrilha e nas redes sociais, outro ponto importantíssimo usado pela Anitta são os influenciadores digitais. Como toda marca relevante sabe, é importante que o consumidor se sinta confiante a consumir seu produto / serviço e Anitta sabe que os influenciadores digitais geram confiança em seu público.

Igual as marcas, as pessoas influenciam o comportamento de compra dos seus consumidores. Se você não conseguir influenciar seu consumidor, pode ser que outro consiga. Então, além da própria influência que ela mantém sobre seu público, ela conta com outros influenciadores que podem gerar um buzz ao redor de seu projeto e influenciar mais pessoas a consumirem seu conteúdo. Marketing de influência é realmente uma tendência que não pode ser ignorada.

Como você pode ver no nosso infográfico de marketing digital para personal branding, a confiança é uma mercadoria que os consumidores estão começando a exigir das marcas com quem interagem e isto não é mais só uma questão de clientes que fazem críticas sobre marcas, mas uma questão das próprias personalidades que estão relacionadas com as marcas e, com isso, estão sujeitas a uma avaliação ou reputação.

A grande questão é que Anitta sabe onde quer chegar, está atenta às tendências do mercado e não perde seu tempo gerindo sua carreira ao redor de sua vida pessoal. Ela sabe que ter uma imagem positiva é um fator decisivo para evitar crises em sua carreira e seguir as tendências do mercado é imprescindível. Criar parcerias é importante, mas é preciso que esta parceria esteja de acordo com o que você propõe a dar ao seu público e como você deseja trilhar a sua carreira. Anitta é um grande case de sucesso que devemos estar atentos, parabenizar e levar como lição para a gestão da nossa imagem e carreira.

4-dicar-para-transformar-um-sonho-em-carreira-profissional.jpeg

4 dicas para transformar um sonho em carreira profissional

Sonhar é uma das capacidades cognitivas mais poderosas do ser humano. Ainda mais quando estamos acordados. Todos nós temos nossos desejos e expectativas sobre a vida e, principalmente, sobre a carreira que vamos seguir. E nunca é tarde para pensar em transformar um sonho em carreira profissional.

Mas antes de jogar tudo para o alto e investir em uma nova área de atuação, é importante estabelecer alguns passos que são essenciais para que você construa um caminho seguro e que esteja muito ciente de suas escolhas ao longo do processo de transição.

A seguir, damos algumas dicas para que você caminhe em direção ao seu sonho.

1. Reflita sobre o que mais gosta de fazer no seu tempo livre

Às vezes, acabamos investindo tanto em um hobby que ele começa a ficar sério e passa a se tornar a nossa fonte de renda. O que você gosta de fazer em seu tempo livre? Gosta de pesquisar sobre moda? Praticar esportes? Cozinhar? É conhecido por ter um talento muito diferente da área em que trabalha?

Agora, se imagine trabalhando com o que gosta de fazer em seu tempo livre. Você se sente bem com a ideia? Então, já sabe o que realmente gostaria de fazer em sua vida profissional.

2. Faça um planejamento para transformar um sonho em carreira

O próximo passo é se planejar de forma muito objetiva. Coloque no papel tudo o que é necessário para começar a mudança.

Seja muito preciso quanto ao planejamento, estabelecendo metas e datas para colocar ações em prática, mas seja também realista consigo mesmo.

Por exemplo, se está pensando em ser atleta, converse com um especialista para saber em quanto tempo será possível competir. Se quiser ser um chef de cozinha, será preciso realizar algum curso na área, certo? Quando conseguirá fazê-lo? É preciso fazer algum estágio para se aperfeiçoar na área?

Mantenha o seu planejamento sempre à mão para checar as datas e reajustar prazos, caso seja necessário.

3. Esteja preparado para lidar com as questões financeiras

Não tem jeito de evitar as questões financeiras. Se há a intenção de realizar uma transição entre uma carreira e outra, você deve estar ciente de que está deixando uma situação estável para se aventurar em outra área.

Portanto, considere isso em seu planejamento. De quanto tempo precisa para deixar o atual emprego, começar a nova atividade e ser bem sucedido nela?

Sair de uma hora para a outra do trabalho pode ser um risco, considerando que você vai começar um negócio e vai precisar investir nele. Planeje-se, faça economias e assegure-se de que conseguirá se manter e manter o seu sonho, enquanto ele não decola.

4. Esteja disposto a aprender

Por mais que você leve muito à sério o seu sonho e tenha se dedicado a ele durante a vida inteira, lembre-se de que é preciso ter humildade e admitir a necessidade de aprender mais sobre o assunto.

Procure conhecer a área, o mercado e realizar cursos que o ajudem a entender melhor a carreira que pretende seguir. Esse é o momento que definirá o modo como seu sonho vai se transformar em realidade e como você vai construir a sua marca pessoal. Mantenha-se bem consciente do novo caminho que está seguindo.

Toda mudança costuma parecer assustadora, já que você vai sair de uma posição que conhece e com a qual está acostumado para outra completamente nova. É isso que acontece quando você deseja transformar um sonho em carreira.

E quem também passa por isso são os atletas que estão em fase de aposentadoria. Confira nosso post para saber mais sobre esse processo de transição.

como-saber-o-momento-certo-para-uma-mudanca-de-rumo-na-carreira.jpeg

Como saber o momento certo para uma mudança de rumo na carreira

Tomar um novo caminho não é uma decisão fácil. E quando falamos em mudança na carreira, a insegurança se torna ainda mais delicada e amedrontadora.

Mas é inevitável controlar os pensamentos quando eles já se instauraram em nossa mente, exigindo uma atitude a respeito. Será que há um momento certo para virar a chave e sair do lugar onde estamos?

Se você está vivendo um momento profissional que precisa de uma oxigenação e quer se tornar uma pessoa marcante positivamente, vamos ajudá-lo a identificar a hora certa para uma mudança, decifrando seus sinais. Acompanhe!

Inconformismo constante

Primeiro, em uma análise bem honesta de si e de seus planos, tente entender o que motiva os seus pensamentos sobre mudança. Por mais que as pessoas e as circunstâncias ao seu redor estejam em transformação — a situação econômica do país é um exemplo —, a mudança deve ser motivada por seus próprios interesses.

Se você se sente inconformado por motivos efêmeros, é mais indicado esperar um tempo para que estas ideias tomem forma e se fortaleçam mais. Jamais tome decisões precoces ou por um impulso emocional. Um novo projeto envolve custos, envolve dedicação de tempo, esforço e foco que poderiam ser investidos para melhorar a sua situação atual. Pense nisso!

Porém, se seus pensamentos já duram a algum tempo, trazendo incômodo e insatisfação, considere apressar esse voo e busque novos ares. Você pode entender melhor os estágios do conformismo neste artigo.

Motivações desalinhadas

Já se tornou grisalha a regra de que uma carreira precisa visar somente os ganhos financeiros, ignorando outros pontos que são essenciais na vida do ser humano. Vivemos uma era onde as pessoas buscam o alinhamento dos seus valores pessoais e sociais com os profissionais.

Por mais lucrativa que seja, uma carreira não pode suprimir os interesses de quem a assume. Inconformismo com o propósito é um sinal que ele tem um peso importante nessa jornada de descoberta. Converse com pessoas próximas a você, entenda seu papel social e o quanto as causas em que acredita se parecem com a missão da profissão que exerce.

Potencial desprezado

Nada mais desmotivador do que se sentir inútil onde está. Muitos profissionais se encontram em uma situação de submissão exagerada, onde se tornam passivos de tudo, sem poder de decisão e mudança.

Esse estado é um alerta e pode indicar a necessidade de ruptura para um outro caminho. Muitas vezes, assumimos o negócio da família ou de amigos e nos esquecemos de que estamos sonhando os sonhos deles, enquanto os nossos ficam em stand by.

Suas qualidades, sua visão e ideias devem ser valorizadas onde quer que esteja. No trabalho, não deve ser diferente. Por mais que você busque alternativas, exercendo suas influências em outros meios, essa lacuna sempre ficará aberta, esperando solução.

Não seja cruel consigo mesmo, ignorando esses sinais que apresentamos. Se você ainda não sabe o quão incomodado está, procure ajuda de um profissional, como um coaching de carreira para entender os níveis de insatisfação e ajudá-lo a tomar novos rumos de forma inteligente e segura.

Nosso conteúdo ajudou a clarear as suas ideias? Entenda que pensar em uma mudança na carreira é algo comum à maioria dos profissionais, e por ser delicado e exigir mudanças bruscas, é preciso cuidado e parcimônia.

Queremos ajudá-lo ainda mais. Conheça algumas estratégias de autodesenvolvimento pessoal que o ajudarão a acelerar seus passos na evolução e amadurecimento da carreira profissional. Não deixe de acessar esse conteúdo!

Businesspeople collaborating and talking through new ideas in office

Coaching Ontológico: o que é e a sua importância na mudança de atitude

Ontologia é o estudo do ser, algo nascido na Grécia Antiga e que foi revisitado pela ciência posteriormente. A Ontologia da Linguagem, teoria que sustenta o Coaching Ontológico, foca na maneira como nós percebemos a realidade por meio da nossa fala, emoções, postura corporal, comportamentos e escolhas pessoais.

É certo que o coaching, independentemente da metodologia a ser aplicada, pode ser bastante útil para profissionais de diversas áreas. Tudo passa por uma questão de identificação e escolha pessoal.

O Coaching Ontológico, traz como diferencial a visão holística de que o que pensamos, falamos e fazemos programam nossas ações. Aprimorando nossa relação com as diferentes realidades do nosso ser, podemos gerar mudanças consistentes, autossustentáveis e autônomas em nossa individualidade.

Abaixo, destrinchamos os pontos diferenciais dessa metodologia em relação às demais. Confira!

Aborda a vida de maneira múltipla

Muitas técnicas de coaching pecam pelo foco excessivo no mundo profissional e se esquecem de que somos muito mais do que o nosso trabalho. O Coaching Ontológico se propõe a entender a vida em suas diversas pontas e atuar nelas para auxiliar o indivíduo a promover uma mudança mais profunda e menos pontual.

Alguns fundamentos fazem parte da metodologia, como:

1.   Identifica sua forma de ser e como tirar melhor proveito dela.

2.   Esclarece como lida com suas emoções a longo prazo.

3.   Entende que pensamentos e emoções estão registrados na forma como nos comunicamos verbalmente e fisicamente.

4.   Mudanças na mente se refletem na postura corporal, por isso, o trabalho é integral.

Dificilmente você encontrará essa abordagem holística em outras metodologias que costumam focar em questões pontuais e não ir a fundo em quem somos e o porquê sermos assim.

Gera mudanças estruturais em nosso comportamento

Se tem algo que psicólogos e analistas sabem bem é que uma mudança só se mantém se acontece de dentro para fora e de maneira integral. Outra coisa que eles também afirmam é que ninguém pode mudar você a não ser você mesmo.

Mais uma vez, o Coaching Ontológico traz o diferencial de entender que as transformações que você tanto almeja e que podem te auxiliar só podem se manter se você próprio for dono dessas mudanças. Por isso, o foco multidisciplinar envolvendo conhecimentos biológicos, culturais, psicológicos e da história individual de cada ser.

Essa metodologia vai ao encontro da premissa de que conhecimento é poder e investe de maneira diversa e abrangente em autoconhecimento. Aproveite!

O Coaching Ontológico se alinha à sua trajetória

Os postulados do Coaching Ontológico deixam claro que se você se conhece, sabe como pensa, atua e se comunica perante o mundo, então você tem o poder sobre seu comportamento e suas escolhas. Por isso, existem alguns conceitos-chave que permeiam essa metodologia. Eles são:

1.   Somos seres linguísticos, palavras não apenas definem, mas geram sentido. Isso vai desde o nosso pensamento até aquilo que falamos.

2.   Somos seres inacabados, nossos traços psicológicos são a soma do que vivemos e aprendemos e isso pode ser mudado e melhorado.

3.   Cada um tem uma história de vida pessoal e isso deve ser valorizado para que as mudanças respeitem a individualidade.

Em mundo de alta competitividade e exigências, é recorrente que se crie a ideia errônea de que existe um único caminho para o sucesso e apenas um comportamento a ser adotado.

As principais linhas de coaching da atualidade

No mercado existem muitas linhas a serem seguidas. Contudo, as mais visadas são:

Coaching de vida

É o mais abrangente de todos, pois atinge a vida do indivíduo como um todo. Ou seja, o trabalho afeta cada área da pessoa, tentando melhorar aquela que mais necessita de ajuda.

Ele foca no desenvolvimento pessoal do cidadão, ajudando o cliente a superar os desafios, evoluindo a sua autoconfiança para que possa alcançar o seu máximo potencial e conquistar seus objetivos. Assim, por meio das sessões de coaching é possível traçar metas e desenvolver melhor as as suas capacidades.

O processo é longo, pois exige autoconhecimento para encontrar as respostas que procura. O coach é treinado para dar orientação e suporte, permitindo que seu coachee siga pelo caminho mais adequado.

Apesar de ser voltado para a vida em si, o Coaching Ontológico pode ajudar o profissional de maneira mais eficiente a detectar erros em suas escolhas que refletem na carreira, assim encontrando formas de melhorar o lado pessoal, em busca de aperfeiçoamento dos seus serviços como trabalhador.

Coaching de carreira

O coaching de carreira visa ajudar a pessoa a ter mais sucesso. Com isso, o coach vai aplicar ferramentas e sessões que contribuem para que o coachee descubra suas habilidades profissionais.

A ideia é fazer com que ele descubra qual profissão combina com o seu perfil e traçar estratégias que o permitam atingir os alvos desejados. Esse é o tipo mais procurado por jovens que estão no início da vida profissional e por pessoas que querem uma mudança na carreira.

Nesse caso, o coach ontológico tem conhecimentos aprofundados sobre como transformar seus sonhos em carreira, pois possui métodos que guiam o cliente até o alcance dos seus objetivos, seguindo a linha mais adaptada ao profissional em questão.

Coaching de negócio

Muito procurado por empresários, o coaching de negócio contribui para que a pessoa consiga planejar as melhores ações que atendem às necessidades da sua empresa. O objetivo é fazer com que o coachee possa direcionar seus esforços na direção mais assertiva, ajudando no crescimento do seu negócio. O coach não tem apenas o dono da empresa como alvo, mas também todos os demais funcionários da organização.

Para quem deseja aumentar seu empreendimento, contando com processos que ajudam a obter uma gestão de tempo mais eficiente, tendo uma visão mais analítica do que ocorre com a sua empresa e com os seus colaboradores, a melhor opção é Coaching Ontológico. Isso porque ele vai apresentar um sistema que causa maior compreensão entre as suas atribuições profissionais, equilibrando a vida dentro e fora da empresa.

Coaching financeiro

A finalidade é orientar pessoas a ter uma visão mais ampla sobre seu dinheiro, procurando soluções que possam melhorar os resultados tanto na vida pessoal quanto profissional. O cliente passará a buscar métodos que ajudam a restabelecer suas finanças, identificando falhas e soluções que garantam melhores rendimentos.

Caso você não tenha como parceria um conjunto de respostas que ajudam a controlar a situação, controlar o lado financeiro pode ser um grande desafio. Mas para garantir mais precisão, é importante contar com o suporte do coach ontológico para que ele possa encaminhar as suas ações ao rumo certo.

Como escolher o tipo mais adequado

​O Coach tem como premissa estudar o corpo e as emoções do ser humano. Mas para escolher o profissional certo, você deve avaliar qual área precisa ser melhorada e o que busca conquistar. Ao definir aquilo que deseja mudar ou aperfeiçoar, será mais fácil procurar pelo profissional ideal.

No entanto, o Coaching Ontológico pode impactar de forma mais positiva qualquer aspecto da sua vida, já que abrange conhecimentos e técnicas mais detalhadas e inovadoras em comparação ao tradicional.

​Esse profissional enxerga a linguagem com um processo de transcendência do individuo, observando o corpo e as emoções para guiá-lo por meio de um olhar mais amplo do seu autoconhecimento.

Esse processo possui experiências e estudos que indicam maneiras de unir os seus sonhos à sua realidade, apresentando estratégias qualificadas para o alcance dos objetivos traçados.

Muitas pessoas se frustram com técnicas de coaching porque se deparam com desafios na vida pessoal que vão muito além ou que estão desconectados de seus objetivos profissionais. O Coaching Ontológico entende a história pessoal do indivíduo e como integrá-la às suas maiores aspirações, evitando frustrações e desistências.

Se você quer conhecer de perto essa metodologia ou sente que sua vida profissional precisa de um up, não deixe de entrar em contato conosco. O Coaching Ontológico é só o começo dessa trajetória brilhante que você pode trilhar!