como-melhorar-sua-imagem-pessoal-com-5-mudancas-de-comportamento.jpeg

Como melhorar sua imagem pessoal com 5 mudanças de comportamento

Uma boa imagem pessoal possui como alicerce a relação harmoniosa entre a ação e a sensação. É importante que exista harmonia entre como você se sente e como atua no seu ambiente. Essa harmonia permite que os outros a vejam como uma pessoa coerente.

A partir dos alicerces da coerência, é possível construir vários semblantes de imagem pessoal bem-sucedida. Pensando nisso, elaboramos esta lista com alguns comportamentos importantes para melhorar qualquer imagem pessoal.

1. Saia de si mesma

No cotidiano, precisamos lidar com vários pontos de vista, alguns muito diferentes dos nossos. Não perca tempo e energia tentando sempre mudar o pensamento dos outros ou persistindo em discussões infrutíferas. Embora muitos façam isso, esse hábito pode gerar vários malefícios para a imagem.

Aceite que diferentes opiniões podem existir e só persista em assuntos realmente importantes. Isso evitará que em uma discussão boba as pessoas possam taxá-la de arrogante, desequilibrada, fechada, limitada, entre outras coisas que, mesmo que não sejam suas qualidades, são “coladas” em você como rótulos por causa do contexto das discussões.

2. Crie o seu personagem principal

É importante que você saiba quem você é no presente, se autoconheça, para então definir quem você quer ser: o seu personagem principal. Esse exercício de se autoperceber no presente e autoprojetar no futuro fará com que possa criar um plano de mudança.

Muitas pessoas não estão satisfeitas com quem são, mas em vez de procurarem mudar acabam alimentando a baixa autoestima, a frustração e a amargura. Seja diferente e lute para ser uma pessoa satisfeita consigo mesma. O reflexo dessa satisfação na autoimagem é um brilho incomum.

3. Escute os outros

Pessoas que sabem escutar são sempre bem-vistas, queridas e solicitadas. Ao mesmo tempo, se você realmente desenvolve essa habilidade, será capaz de descobrir coisas sobre os ambientes e os outros que poderão contribuir muito para melhorar a sua imagem pessoal.

Ser você mesma é importante, mas é inevitável exercer papéis sociais para sobreviver coletivamente. Sua imagem pessoal depende muito de como as pessoas a veem, e isso poderá trazer benefícios ou problemas. Aprenda a escutar e poderá transformar esse reflexo em uma fonte de benefícios.

4. Equilibre razão e emoção

Equilibrar razão e emoção é o famoso “equilíbrio emocional”. Como fazer isso? Evitando excessos para qualquer um dos lados.

Você tem emoções que são importantes para se relacionar com as pessoas, mas  também tem a razão, que pode dizer como lidar com certas emoções quando elas começam a passar do ponto.

Pense sobre quais são as emoções que mais sente, como as sente, como manifesta isso para as outras pessoas e qual retorno elas dão. Se quiser fortalecer esse ato, escreva.

Essa visão permitirá visualizar as emoções mais positivas e as mais negativas para você. A ideia é potencializar as positivas e transformar as negativas. É um trabalho diário.

5. Cuide da sua aparência

A aparência não é tudo, mas é o seu cartão de visita. Quando uma pessoa não a conhece, o primeiro contato dela com você é com a sua aparência, correto? Então invista nela de forma racional. Pense em como quer que os outros a vejam e procure transmitir isso a partir da sua aparência.

Apesar da simplicidade, esses comportamentos exigem persistência para serem bem desenvolvidos, mas apresentam um impacto relevante na imagem pessoal. Comece já a praticá-los!

Se quiser uma mãozinha para continuar o seu desenvolvimento pessoal, siga a PD nas redes sociais (Facebook, Twitter, Linkedin). Temos sempre algo novo para você!

gestao-de-carreira-saiba-o-que-cristiano-ronaldo-pode-nos-ensinar.jpeg

Gestão de carreira: saiba o que Cristiano Ronaldo pode nos ensinar

Quando pensamos em exemplos de gestão de carreira, um dos nomes que vem imediatamente à mente é o de Cristiano Ronaldo. Pois, para além dos resultados para lá de impressionantes em seu time, o Real Madrid, também existe toda uma dimensão pessoal que envolve atitude, resiliência, foco e cuidado com a imagem.

Vamos, portanto, analisar como o jogador lida com esses fatores e como podemos implantá-los em nossa carreira. Se interessou? Então, continue a leitura e aproveite!

Cuide da imagem

Esse é um aspecto que muitos negligenciam e não acham determinante, mas, a verdade é que uma imagem bem cuidada reforça a ideia de profissionalismo, disciplina e sucesso. No somatório pode fazer a diferença, além de evitar desgastes desnecessários.

Cristiano Ronaldo está sempre com boa aparência, nunca mostra extravagância ou relaxamento, não se envolve em polêmicas e nem é flagrado em situações degradantes. A ideia aqui é expressar a valorização a si mesmo e a seus colegas.

O cuidado consigo mesmo sugere a capacidade de cuidar de outros profissionais, clientes e negócios. Muitas vezes cometemos erros singelos que sabotam essa representação positiva. Uma boa imagem, por si só, pode gerar muitas oportunidades e é um fator decisivo na construção de uma marca pessoal.

Seja profissional

“Eu lembro da primeira vez que fui treinar com a equipe principal do Real Madrid. Fui duas horas antes para impressionar o treinador, mas quando cheguei lá o Cristiano Ronaldo já estava treinando” (Jesé Rodríguez).

Atitude é tudo: você já deve ter ouvido essa frase. Em última instância, e muito mais que opiniões, é ela que determina quem você é.

Antes de ser o melhor jogador do mundo, Cristiano Ronaldo é um exemplo mesmo no comportamento mais básico. Chega cedo e sai tarde dos treinos, inspirando os mais jovens e criando uma liderança natural.

Além disso, não negligenciar a preparação faz com que não erre passes simples e nem cometa falhas bobas, o que colabora para os resultados positivos e gera admiração até por seus adversários. Portanto, uma atitude comprometida é um investimento.

Seja resiliente

Uma postura altiva e elegante, pode ser confundida facilmente com arrogância, não há como fugir da interpretação negativa de algumas pessoas.

“Tem gente que me odeia, que diz que sou arrogante, vaidoso, isso ou aquilo. É parte do meu êxito. Estou feito para ser o melhor. Se sou assim, se tudo o que consegui no futebol foi por ser assim, não se pode pedir que eu mude. Vou dormir todos os dias com a consciência tranquila”, disse o CR7 em entrevista.

O que determina se a atitude está correta é o resultado, é isso que vai se somar ao seu comportamento e conquistas e gerar uma carreira sólida, uma marca. Não se pode esperar agradar à todos, as críticas virão de qualquer jeito.

Tenha foco

Cristiano Ronaldo não conseguiria seus resultados impressionantes sem foco. Para além dos pontos que já vimos, relacionados à estrutura pessoal e manutenção da mesma, esse outro fator é o que gera resultados específicos.

Quando chegou em Lisboa, com 12 anos, era ridicularizado por seu sotaque (da Ilha da Madeira), pois seus colegas percebiam o talento excepcional e tentavam competir fora de campo dessa forma. Sem o objetivo claro de se estabelecer na temporada, de garantir sua vaga, teria desistido, como ele mesmo confessou ter cogitado em meio ao bullying que sofria. Era preciso mudar, se transformar em um profissional.

Da mesma forma, cada campeonato é único, cada partida é seu mundo naquele momento. O foco potencializa as forças em um só objetivo, aumentando a capacidade de conseguir um bom resultado e vencer aquela etapa.

Podemos concluir, então, que há um conjunto de fatores que trabalham juntos para o sucesso, e são atuantes em qualquer profissão. Uma imagem bem cuidada gera atração, magnetismo, e potencializa a confiança e credibilidade. Atitude proativa e determinada confirma essa primeira impressão e gera segurança.

Além disso, é preciso resiliência para não se deixar abater por quem se incomoda com sua competência e determinação. E, com foco total em cada etapa você aumenta muito a eficiência.

Se interessou? Então, que tal se aperfeiçoar nessas qualidades? Assine nossa newsletter e receba os novos artigos sobre gestão de carreira.

saiba-como-criar-um-novo-produto-aproveitando-o-seu-conhecimento-e-sua-historia.jpeg

Saiba como criar um novo produto aproveitando o seu conhecimento e sua história

A vida de empreendedor envolve vários desafios cotidianos como cuidar do negócio, estimular colaboradores, manter boas parcerias e colocar as finanças em dia. Em meio a toda essa correria o tempo e a criatividade necessária para pensar, desenvolver e criar um novo produto pode ficar de lado.

Se você tem considerado a possibilidade de investir em novas ideias e dar um rumo diferente para o que tem feito profissionalmente saiba que o seu propósito é justo e completamente possível.

Por meio de algumas dicas importantes que separamos para você neste post ficará mais fácil dar os primeiros passos em direção a um produto ou serviço inovador.

Confira!

1. Inovar envolve fracasso e aprendizado

Muitas vezes vemos reportagens enaltecendo o sucesso de figuras como Steve Jobs e Bill Gates ou mesmo grandes nomes da ciência como Albert Einstein.

A verdade é que por mais que essas pessoas tenham sido extremamente competentes em suas devidas áreas de atuação todas elas passaram por fases de tentativa e erro até encontrarem o caminho do sucesso.

Nem todas as ideias da Apple foram tão efetivas quanto o iPod ou quaisquer outros produtos amplamente aceitos hoje.

Aceite que inovar envolve riscos e procure aprender o máximo possível quando algo não sair da maneira como imaginava.

2. Conhecer a si mesmo e o produto desenvolvido é essencial

Uma forma de você evitar que sua inovação não traga uma dose de frustração maior que o esperado é saber o que quer criando um novo produto ou serviço e como ele seria.

Ao ter clareza sobre suas ideias fica muito mais fácil ter um bom direcionamento de como chegar onde quer. Isso também evitará que você desista nos primeiros obstáculos.

Muitas pessoas têm um sonho desde pequenas mas não dão vazão a isso. Quando elas entendem quem realmente são e o que vão fazer, se tornam capazes de conciliar satisfação pessoal com sucesso profissional.

Algumas perguntas que podem te ajudar nesse processo são:

  • quais são as minhas motivações pessoais?
  • de que forma isso ajudará as pessoas?
  • quanto tempo levaria para minha ideia ser realizada e ingressar no mercado?

Por meio de questionamentos como esse você traz suas ideias para a realidade e começa a ver com mais clareza como efetivar seu plano.

3. Pesquisar cases de sucesso é uma boa forma de salvar recursos

Outra boa maneira de se resguardar de frustrações desnecessárias e salvar recursos é pesquisar cases de sucesso na área em que você atua.

Inovação não tem necessariamente a ver com a criação de uma ideia completamente nova, até porque ninguém “reinventa a roda”, não é mesmo? Por isso, procure acompanhar quais os produtos e serviços mais têm se destacado em sua área e quais as tendências futuras para você ter mais clareza sobre como investir seus recursos sem desperdiçá-los.

Não se sinta menos criativo ao basear em ideias de outras pessoas, veja isso também como uma oportunidade para se conectar com seus pares e até mesmo fortalecer e amadurecer sua ideia junto aos demais.

4. Construir parcerias facilita a colocação de seu produto ou serviço no mercado

Seria impossível falarmos sobre a criação de um novo produto sem mencionar a necessidade de parcerias.

Avalie se sua ideia precisará da ajuda de investidores e de uma rede de distribuição, por exemplo. Pense também em como alcançar esses parceiros e qual a melhor forma de apresentar sua ideia a eles.

Pesquise suas possibilidades e planeje seus passos. Colocar um produto ou serviço no mercado de forma eficiente sempre exige boa dose de dedicação e capacidade em construir parcerias.

Se você gostou de aprender a como criar um novo produto, assine nossa newsletter. Sempre temos o melhor conteúdo para sua carreira empreendedora.

gestao-de-carreira-de-atletas-entenda-por-que-ela-e-tao-importante.jpeg

Gestão de carreira de atletas: entenda por que ela é tão importante

Dentro do mundo dos negócios é comum ouvir sobre a importância do plano de carreira e quais são as habilidades que o mercado espera dos profissionais. Mas, esse pensamento pode e deve ser levado em consideração em qualquer profissão ou segmento — isso também vale para o mundo dos esportes.

No texto a seguir, explicaremos porque a gestão de carreira de atletas é tão necessária quanto a de um profissional corporativo. Se interessou pelo assunto? Então, continue a leitura e confira!

O que é gestão de carreira de atletas

Assim como acontece em qualquer profissão, a gestão de carreiras ajuda os profissionais em 3 pilares principais: profissional, pessoal/familiar e financeiro. Com a soma dessas três esferas e a definição de uma estratégia, o atleta consegue entender de forma clara onde se quer chegar e quais são as ferramentas necessárias para atingir o que ele idealiza.

Transferindo essa ideia para o ambiente esportivo, a gestão de carreira de atletas pode ser usada para desenhar uma possível trajetória profissional. Desde o início até o pós-carreira podem passar por esse planejamento, que é baseado nos objetivos de cada esportista e nas especificações de cada esporte.

Progressão da carreira esportiva

Partindo das metas que o próprio atleta define para a sua carreira, e com a ajuda de um profissional que possa orientar o esportista, fica mais fácil centralizar os esforços e a tomada de decisões profissionais a curto, médio e longo prazo.

Como exemplo, podemos pensar em um jogador de futebol que está começando a sua carreira em um clube pequeno e que quer vestir a camisa de grandes times brasileiros.

Nesse caso, uma gestão de carreira para esse atleta o ajudará a transformar o seu nome em uma marca própria, trabalhando a sua divulgação e posicionamento em busca de mais exposição profissional.

A imagem do atleta

Como explicado acima, boa parte do trabalho de gestão de carreira de atletas está diretamente ligada com a sua imagem e reputação. O nome de um esportista funciona de forma similar ao de uma marca, já que precisa ser trabalhado, divulgado e reconhecido para chamar a atenção do público.

Por isso, um plano de carreira também inclui um direcionamento de como se posicionar nas redes sociais, em entrevistas e dicas de comportamento para que a audiência sempre olhe para o atleta de forma positiva.

Mesmo sua imagem não afetando o desempenho profissional, ter uma má reputação pode impedir que o esportista ganhe patrocínios ou feche grandes contratos.

Com os esforços guiados para o que foi definido na gestão de carreira de atletas, as personalidades do mundo esportivo podem atingir seus objetivos de forma mais fácil e sem se perder pelo caminho.

Claro que cada jogador terá um plano de carreira diferente, pois eles são criados de forma única e personalizada, seguindo objetivos, perfis e características próprias.

Para garantir que a sua gestão de carreira esteja em boas mãos, conte com a ajuda de profissionais da área capacitados e com experiência no ramo. Se interessou e quer saber mais sobre esse assunto? Então, se inscreva em nossa newsletter e receba nossos conteúdos em primeira mão.