Posts

207632-estender-500-palavras-conheca-5-sabotadores-de-imagem-para-um-profissional

Conheça 5 sabotadores de imagem para um profissional

Quem busca crescimento e reconhecimento profissional deve sempre fazer uma autocrítica em relação aos pontos que pode melhorar. Dentro do ambiente profissional, algumas pessoas ainda não entenderam a importância de cuidar da própria imagem.

A coerência entre a marca pessoal e o ambiente de trabalho deve existir, pois, em conjunto com seus conhecimentos, experiência e talento, ela aumenta suas chances de ser reconhecido.

O destaque, em relação à sua imagem profissional, deve ser feito com elementos que contribuam positivamente para o seu visual, caso contrário você pode sabotar a sua própria imagem no trabalho. Embora nem toda empresa estabeleça um uniforme ou dress code, identificamos alguns pontos comuns na maioria dos locais de trabalho.

Que tal repensar a sua imagem no trabalho? Conheça agora 5 sabotadores de imagem para um profissional! Continue com a leitura e fique por dentro!

1. Repetir a mesma roupa em dias seguidos

Usar a mesma roupa em dias seguidos envolve algumas questões relacionadas à limpeza e higiene. Quando você usa a mesma peça, seguidamente, encontra uma maneira fácil e silenciosa de ser estigmatizado no escritório. Em vez de usar as mesmas peças todos os dias, organize-se para usá-las em outras combinações, em dias diferentes.

Você não precisa gastar fortunas em roupas para ter opções de looks para vestir no trabalho. A chave é comprar peças que combinem entre si, com uma boa variedade de blusas e acessórios, para variar.

Um bom truque é investir em partes de baixo mais sóbrias e básicas, para misturar com blusas e casacos mais estilosos e charmosos. Lenços, óculos, sapatos e bijuterias complementam o visual.

Existem consultorias de moda e estilo que podem ajudar nessa questão. Procure também referências na internet, de pessoas com o estilo parecido com o seu, e vá atrás das lojas exibidas por elas. Também é importante contar com a opinião de pessoas próximas, que conheçam você, as suas características e preferências.

2. Não se vestir de acordo com o seu ambiente de trabalho

Nem todas as empresas possuem as mesmas regras de vestuário. Em ambientes mais informais, como no caso das startups e das agências de publicidade, os profissionais têm mais liberdade em relação ao visual. Jeans são permitidos, assim como camisetas.

Já nos ambientes mais formais, como no caso das multinacionais, bancos e empresas tradicionais, o profissional deve se adequar ao visual dos seus colegas de trabalho.

É bom observar a forma com que os seus colegas se vestem para definir quais as roupas você usará no trabalho. Evite a cópia e pegue as referências para transformá-las no seu estilo próprio.

Usar roupas muito inadequadas para o local de trabalho demonstra desconexão com o ambiente e a proposta, portanto, não deixe essa dica de lado.

3. Usar perfume e maquiagem em excesso

O perfume é algo muito pessoal, por isso ele deve ser discreto e é importante lembrar de não exagerar na dose. Já na maquiagem, os extremos também não são recomendáveis. Ao se maquiar muito, você tira o foco do que realmente importa, que é o seu trabalho. O ideal é optar por uma maquiagem mais leve e discreta.

Para o perfume, não tem jeito: é preciso prestar atenção no limite entre sair de casa sem nada e pesar a mão. Autocrítica e a ajuda de amigos ou familiares vão evitar que você exagere no perfume.

Já no que diz respeito à maquiagem, a dica da internet também vale. Existem inúmeras pessoas que produzem conteúdo, em blog ou vídeo, falando sobre maquiagem. Pesquise e encontre aquela que mais combinar com o seu estilo, preste atenção nas dicas e nos tutoriais.

4. Ir trabalhar com roupas desgastadas ou mal cuidadas

Roupas com botões faltando, barra da calça sem fazer, manchas, desgastes, rasgos, bolinhas nas malhas e sapatos sujos, são alguns dos exemplos que você precisa evitar para valorizar a sua imagem profissional. Esses detalhes podem fazer a diferença em como sua postura profissional é percebida.

Seja criterioso com o estado das suas roupas e acessórios. Não hesite em descartar o que não tiver mais conserto. E, caso seja possível reparar, conte com uma boa costureira para renovar a sua peça.

Tenha um espelho de corpo inteiro, e cheque com cuidado cada detalhe antes de sair para trabalhar. É um detalhe, mas que fará uma grande diferença para sua imagem no ambiente de trabalho.

5. Demonstrar falta de cuidados com o cabelo

O cabelo é outro ponto muito pessoal, pois cada pessoa tem características que divergem em relação aos demais. Alguns cabelos são mais volumosos, uns são lisos, outros são cacheados e há pessoas que nem cabelo têm. Diferenças existem e elas devem ser respeitadas, porém seu estilo capilar também faz parte da sua imagem e merece cuidados.

Tenha um cabeleireiro de confiança, que conheça o seu cabelo e as suas características para cuidar do seu cabelo. E faça visitas frequentes ao salão, para manter o corte, hidratar e cuidar dos fios. É um esforço que vale a pena.

Um dos principais sabotadores nesse sentido são as caspas. Não lavar o cabelo com frequência também pode prejudicar sua imagem, pois o cheiro ruim sempre chega até as outras pessoas.

Por mais competente que o profissional seja, aparentar desleixo no visual é negativo para a carreira. Pode parecer o fútil ou superficial, mas não é: cuidado com o visual e os cuidados pessoais denota comprometimento consigo mesmo.

E, mais importante que isso, andar alinhado, bonito e bem cuidado impacta diretamente na sua autoestima. Você vai se sentir melhor, e refletir isso no seu dia a dia: desempenhando sua função com maior dedicação e se relacionamento de uma forma mais positiva com os colegas e superiores.

Por isso, esse esforço de estar bem, tanto por dentro quanto por fora, é válido! Frequentar um cabeleireiro competente, comprar boas roupas, investir em cosméticos e perfumes de qualidade pode parecer menos importante do que outros aspectos, como a formação e a competência, mas não é: eles são sinais de uma pessoa em harmonia, feliz e bem cuidada. Aquele que todos querem em sua equipe!

Você precisa estar sempre de olho nos sabotadores de imagem que podem comprometer a sua aparência e interferir no seu trabalho. Quer mais dicas como essa? Então, que tal seguir nossas redes sociais? Estamos no FacebookTwitter e LinkedIn!

Team Meeting In Creative Office

Entenda a importância da empatia na construção da imagem pessoal

Muitos de nós percebemos, no decorrer da vida e na construção das relações, que um fator muito importante na construção da imagem pessoal de um bom profissional está no reconhecimento e na utilização da empatia.

Na postagem de hoje vamos aprender a utilizar e treinar essa capacidade a fim de melhorar as relações no ambiente de trabalho, seja junto aos clientes e prospects, seja dentro da própria equipe.

A importância e o poder da empatia nas relações profissionais e sociais

Um ditado muito famoso professa que é impossível conhecer alguém sem antes andar usando os seus sapatos. Somente assim para entender as dores e as dificuldades do caminho. Isso nos leva a imaginar outro conceito que ajuda muito na construção de relacionamentos interpessoais: mudar a perspectiva a fim de entender cada questão a partir do ponto de vista do outro.

Na relação profissional e social, isso é fator de extrema importância para a construção da imagem de qualquer profissional. Afinal, é a partir dela que será possível compreender os momentos nos quais você deve se colocar e, mais importante, como essa colocação deve ser feita, evitando atritos que desgastem o relacionamento entre equipes e funcionários.

Melhorando relações a partir da construção da imagem pessoal

O trabalho consciente e constante é a chave. Mais do que se concentrar nas tarefas diárias ligadas ao seu cargo dentro da empresa, é preciso procurar sempre ouvir e ver atentamente para evitar o uso excessivo do falar. Essa é a única forma de deixar de lado aquelas manias irritantes de ter sempre uma resposta – não solução – para tudo.

A partir do momento em que damos um passo para trás, a fim de observar e assumir um ponto de vista que não seja o nosso, é que nos tornamos capazes de entender algo além do que a nossa própria opinião. É preciso aceitar o fato de que cada pessoa é diferente da outra, e que a melhor forma de contribuição é não se valer da sua experiência para subir num pódio e dizer a frase que ninguém gosta de ouvir: “eu já sabia…”.

Dicas para melhorar a empatia no ambiente de trabalho

E como nenhuma receita é completa sem oferecer maneiras de aplicar a empatia e melhorar a sua imagem e todo o ambiente de trabalho, separamos abaixo algumas dicas preciosas:

  • Busque melhorar sua capacidade de ouvir – dessa forma, você amplia sua percepção do ambiente e oferece soluções ao invés de apenas opiniões vazias;
  • Mantenha-se sempre atento – ao invés de usar o tempo livre para ficar no celular, que tal aproveitar a oportunidade para observar como se dão as relações dentro do seu ambiente de trabalho?;
  • Busque a calma – ninguém consegue observar quando está fora do seu equilíbrio. Sabemos que, em algumas situações, isso parece impossível, mas é preciso treinar a manutenção da calma para poder tomar qualquer atitude saudável;
  • Não faça com os outros aquilo que não gostaria que fizessem com você – se a empatia é a capacidade de se colocar no lugar do outro, invista na construção da imagem pessoal e profissional de alguém que valoriza sempre agir como gostaria que agissem com ela. Isso é essencial.

O que você achou do conteúdo de hoje? Não deixe de compartilhar conosco suas questões, dúvidas e experiências nos comentários abaixo. Afinal, o conhecimento se constrói a partir dessa troca!