Posts

qual-a-relacao-entre-o-branding-e-o-storytelling-de-uma-marca.jpeg

Qual a relação entre o branding e o storytelling de uma marca?

Você sabia que o storytelling de uma marca ajuda a criar oportunidades para atrair pessoas até o seu negócio? Por isso, é fundamental que você tenha conhecimento sobre as diferentes ferramentas que auxiliam o seu marketing a conquistar um lugar de destaque no mercado competitivo.

Pensando nisso, preparamos este post para que você entenda melhor o que é storytelling e qual a sua relação com o branding. Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

O que são branding e storytelling de uma marca?

Branding, conhecido também como gestão de marcas, nada mais é do que um conjunto de ações que visa construir a imagem do seu negócio diante da percepção do cliente. Ou seja, é uma forma estratégica que, quando feita de maneira eficiente, consegue colocar sua marca em um posicionamento efetivo e bem visto pelo consumidor.

Para que ele realmente funcione, é necessário corresponder a uma identidade, tornando-se única nos pontos de contatos e tendo ligação direta aos interesses e necessidades dos seus clientes. Em resumo, o branding é a percepção que o seu público-alvo tem em relação à sua marca.

Enquanto isso, storytelling é uma técnica que possibilita adquirir habilidades de contar uma história cativante por meio de recursos audiovisuais e de palavras. Trata-se de um método que auxilia o marketing e, da melhor forma possível, promove o seu empreendimento para que você consiga oferecer os seus produtos e serviços de maneira indireta e mais persuasiva.

Qual a ligação entre branding e storytelling?

Podemos dizer que o storytelling é uma ferramenta de auxílio ao branding. Isso porque, tendo uma gestão de marca eficaz aliada a uma história bem contada, você cria um marketing mais interessante e atrativo.

Assim, é possível fazer com que sua audiência sinta-se mais próxima da sua marca. Essa habilidade de contar histórias que emocionam aumenta a conexão entre você e o seu público, além de construir confiança e empatia entre sua empresa e as pessoas que ela alcança.

Como o storytelling pode contar a história de uma marca?

Quando você consegue contar uma história cativante, isso cria aspectos neurológicos e psicológicos que aumentam o foco e a atenção das pessoas na mensagem que está sendo transmitida. Saiba como conquistar isso!

Crie a mensagem

Ela deve ser positiva, atingindo o lado emocional da pessoa. Você deve passar um recado que consiga prender o público e que possa ser sempre lembrado.

Pense nos grandes mestres da humanidade e em como eles são referenciados até hoje. Um bom exemplo são as famosas marcas de refrigerantes que usam dias comemorativos para emocionar e encantar com suas lindas histórias e efeitos especiais, como a Coca-Cola na época do Natal.

Mude pensamentos

Quando você gera um conflito de ideias, acaba apimentando a história. Tente mudar os padrões das pessoas e fazer com elas reflitam sobre o que a sua empresa está passando para elas! Com isso, você desperta o desejo de conhecer mais sobre o que está sendo falado e de buscar mais informações para saciar a necessidade de aprender.

Construa bons personagens

A ideia é criar personagens que são semelhantes aos seus possíveis clientes, fazendo com que cada pessoa consiga se identificar com ao menos um deles. Use e abuse da criatividade, deixando todo o contexto mais próximo da realidade. Entretanto, dê também aquele toque de sentimentalismo, como os famosos finais felizes dos filmes.

O storytelling de uma marca é fundamental para quem deseja atingir o público e criar um vínculo mais íntimo com ele. Quando que você fizer seu planejamento de marketing, inclua essa ferramenta e se beneficie de tudo o que ela proporciona.

Gostou das nossas dicas? Então, siga-nos no Facebook e no LinkedIn e acompanhe outros conteúdos que vão transformar a sua carreira!

entenda-o-que-e-e-quais-os-beneficios-do-personal-branding556

Entenda o que é e quais os benefícios do personal branding

O branding já é bastante comum para marcas e produtos, porém, os profissionais também podem tirar proveito deste conceito, trabalhando para desenvolver uma marca pessoal atrativa e valorizada pelo mercado. Neste sentido, o personal branding serve para traçar estratégias capazes de promover essa marca, criando condições para uma carreira com mais oportunidades e uma trajetória de sucesso.

Na verdade, a marca pessoal é um recurso importante, independentemente a área de atuação deste profissional. Dentro do universo corporativo, para uma carreira autônoma, como um empresário ou atleta, a construção de uma imagem forte e confiável, que transpareça conhecimento e competência, é sempre importante para a conquista de excelentes resultados.

Os benefícios do personal branding

O personal branding pode trazer uma série de benefícios aos profissionais que buscam destaque e ascensão. Dentre as principais vantagens deste processo estão a possibilidade de conquistar maior visibilidade e notoriedade, demonstrando principalmente diferenciais e potencialidades. Além disso, através do personal branding, é possível realizar uma reorganização das prioridades, valores, ambições e motivações, de modo a estabelecer um plano de carreira direcionado as novas metas.

As etapas para desenvolvimento da sua marca pessoal

Para desenvolver uma marca pessoal é preciso passar por algumas etapas, começando pelo autoconhecimento, e então definir objetivos e planejar ações efetivas.

Faça uma avalição prévia

O primeiro passo é reconhecer a sua marca atual, ou seja, como você é avaliado. Peça feedbacks aos colegas e gestores, de modo a identificar seus pontos fortes, potencialidades e características marcantes. Com base nesta avaliação, fica mais fácil construir uma estratégia eficiente, com foco nas qualidades e nas habilidades pessoais.

Defina a sua marca pessoal

Neste momento é preciso definir como ser visto e percebido pelo mercado, a imagem e as peculiaridades do perfil. Aqui, é essencial cuidar dos diferenciais e das competências mais relevantes. Também é preciso que haja aderência entre a marca pessoal e os objetivos profissionais, como uma promoção, novos desafios ou oportunidades de crescimento.

Alinhe sua presença online à sua marca pessoal

É preciso atentar para as mídias sociais como Facebook, LinkedIn e Twitter, de forma que as mensagens e posts demonstrem alinhamento com a marca pessoal que está sendo construída. Assim, é essencial manter os perfis atualizados e coerentes com os objetivos definidos. O mesmo vale para sites e blogs, que são ferramentas muito interessantes no processo de personal branding, pois favorecem a exposição, de maneira organizada e transparente. Porém, apesar de manter o foco na carreira, é adequado acrescentar alguns comentários sobre interesses particulares, para complementar a imagem deste profissional, tornado-o real.

Seja ativo

Outra prática fundamental é manter-se ativo nas redes sociais, compartilhando matérias interessantes, publicando artigos próprios e participando de grupos de discussão.

Reforce o networking

Investir em networking deve fazer parte da estratégia de qualquer profissional e é ainda mais importante, durante a construção de uma marca pessoal. Assim sendo, amplie a rede de contatos, não apenas em sua área de atuação, mas também incluindo profissionais de outros segmentos. Participar de eventos, seminários e congressos, também é uma iniciativa importante, bem como realizar cursos de atualização e especialização.

Procure por especialistas para desenvolver sua marca pessoal

Existem agências especializadas em personal branding, que podem ajudar em todo esse processo. Mas neste caso, é necessário pesquisar sobre a reputação das empresas e buscar opiniões de outros clientes.

A importância da credibilidade

É preciso lembrar que o processo de criação de uma marca pessoal deve ter como objetivo maior, cuidar da credibilidade do profissional. Por isso, é fundamental que todas as ações sejam congruentes, visando sempre as metas determinadas no início deste trabalho. Assim, o ideal é desenvolver o personal brandingcom qualidade e planejamento, para que os resultados sejam positivos e progressivos.

E você já está construindo a sua marca pessoal? Compartilhe conosco suas dicas e experiências!