Posts

identidade verbal

Entenda o que é identidade verbal e qual a sua importância

A identidade verbal é a capacidade de comunicar para o seu público-alvo os princípios, valores, missão e demais informações sobressalentes que caracterizam seu produto (ou serviço) e sua própria companhia.

Frequentemente, as pequenas e médias empresas perdem boa parte do seu tempo com a identidade visual, se esquecendo que a mensagem por trás de cada peça publicitária é igualmente importante.

Conseguir atingir o equilíbrio entre essas duas mensagens é o que faz com que seu posicionamento de mercado seja solidificado ao longo do tempo. Além do mais, as organizações que costumam ter uma identidade verbal forte normalmente obtêm resultados mais expressivos dentro do seu mercado de atuação.

Abaixo, falaremos mais sobre a importância desse tema e sobre os principais elementos que ajudam a compor uma identidade visual eficaz. Pronto para saber mais sobre o assunto? Continue sua leitura até o final!

A importância da identidade verbal

Toda estratégia de marketing depende, em grande parte, de uma comunicação direta e eficaz para um público específico. Quando essa comunicação começa a ter ruído ou desencontra com os valores ou objetivos do cliente, os problemas começam a aparecer. 

As vendas deixam de acontecer e, na maioria das vezes, o cliente em potencial procurará uma alternativa no mercado que seja compatível com suas particularidades. Esse efeito é ainda pior quando seu público-alvo se sente enganado ou não encontra aquilo que ele realmente está buscando.

Para evitar que isso aconteça é fundamental criar uma identidade verbal eficaz e alinhada com a proposta do seu negócio. O nome dos produtos (e da empresa, em alguns casos), tom da mensagem, histórias, slogan, tagline e qualquer outra peça de marketing deve, obrigatoriamente, seguir um padrão eficaz para que os maiores resultados sejam atingidos e a companhia se torne memorável.

Os elementos que compõem a identidade verbal de uma marca

Voz da marca

A voz da marca é, basicamente, a maneira com a qual ela se comunica com seu público-alvo. Para fundamentar uma “voz” é preciso priorizar um conjunto de traços que são particulares a sua companhia, como:

  • linguagem;
  • valores;
  • princípios;
  • história.

História da marca

A história da marca frequentemente é utilizada como uma forma de branding. Isso porque todos os revezes e dificuldades costumam causar afinidade com o público, além de serem importantes para a “personificação” da organização. Uma boa identidade verbal sabe utilizar sua história para criar mensagens que inspiram.

Tom da marca

O tom é a maneira com a qual a mensagem é proliferada. As palavras utilizadas e, até mesmo, a forma com a qual elas são propagadas ajudam a definir o tom. Quanto mais próximo do que o público quer ouvir (ou procura), melhor para os resultados da marca.

Gramática da marca

Dezenas de empresas podem ser mencionadas com relação sua gramática. Algumas escrevem os produtos utilizando parte do seu nome (McDonalds é um bom exemplo), enquanto outras erram na gramática propositalmente para passar uma ideia de afinidade com algum aspecto da vida social dos seus clientes.

Para conseguir elencar e utilizar todos esses elementos de maneira correta é extremamente importante conhecer bem a própria marca. Isso também fará com que o processo seja significativamente mais simples.

Gostou do post sobre identidade verbal? Comente abaixo sua opinião sobre o tema ou deixe suas dicas!