personal-branding-entenda-como-isso-pode-te-ajudar.jpeg

Personal Branding: entenda como isso pode te ajudar

É comum encontrar em todos os grupos de idade e fases de carreira pessoas perdidas que não sabem o que esperar do seu futuro profissional, muito menos o que fazer no atual momento para mudar sua situação.

O autor do livro “Personal Branding: construindo sua marca pessoal”, Arthur Bender, chama a atenção para um aspecto importante na trajetória profissional de cada um, que é a sua própria marca pessoal, e o que é preciso fazer para valorizá-la.

A responsabilidade sobre o rumo da sua carreira

Algumas pessoas se iludem ao conseguirem uma vaga em uma grande empresa, achando que estão garantidas para o resto da vida, outras acreditam que a oportunidade que precisam ainda não chegou e passam anos esperando.

Essas duas formas de lidar com a carreira refletem uma ausência de responsabilização pelas próprias escolhas. São exemplos do que pode acontecer se não tomamos as rédeas da nossa vida e não trabalharmos continuamente para alcançar lugares melhores.

Transferir culpa para terceiros ou jogar o futuro à sorte não farão com que você evolua, apenas desperdiçará seu tempo com ilusões e fantasias sobre o que poderia ter acontecido, ou o que pode acontecer.

A dificuldade em colocar as metas em prática

Mesmo após assumir as rédeas do seu futuro, quando a decisão de progredir já foi internalizada, outros desafios passam a surgir.

Transformar ideias em ações requer um planejamento, porém, antes disso, sem uma base sólida sobre a sua própria marca, dificilmente o resultado será coeso.

Trabalhar a sua própria identidade em meio a tantas possibilidades do mundo de hoje, torná-la única e atribuir valor à própria visão, tudo isso depende do um aspecto primordial, que é a confiança.

Confiar no que você pode oferecer de diferente para o mercado, na sua capacidade de executar um projeto, na própria história e, o mais importante, conseguir transmitir essa confiança.

Nesse sentido o personal branding trabalha o fortalecimento da autoconfiança, bem como a valorização da própria marca, através de técnicas de marketing e comunicação na construção de sua marca pessoal.

Instrumentos que podem ajudar na marca pessoal

Uma boa reputação é construída por um conjunto de aspectos, sendo o principal deles a própria conduta profissional. Porém, para dar visibilidade a essa reputação, tornando-a pública, existem ferramentas adequadas que possibilitarão esse objetivo.

Portfólio, blogs, sites e perfis em redes sociais podem ser eficazes para trabalhar a sua imagem. Tais instrumentos são vantajosos no sentido de serem simples, podendo ser gratuitos, de grande alcance e rapidez no uso de informações.

Além disso, livros autorais, participação em eventos e congressos, palestras e vídeos são um diferencial.

Um ponto importante a ser destacado é que, no caso de ser utilizado mais de um recurso, é preciso ter coerência e passar em todos eles a mesma imagem.

A fidelização de pessoas se conquista através, também, de um padrão já esperado, o que inclui estética, frequência de postagem, linguagem, temática, conteúdo, estrutura, etc.

Para conhecer mais detalhes sobre como trabalhar sua marca pessoal, confira o ebook 5 passos para criar sua marca pessoal, que traz dicas importantes que mostram como colocar isso em prática!

Artigos Relacionados

Patricia Dalpra é Estrategista em personal branding e gerenciamento de carreira.

O trabalho que Patricia Dalpra desenvolve surgiu de uma vontade e de uma certeza: vontade de levar pessoas e empresas a crescer, alcançar seus objetivos de negócios e de imagem e se relacionar melhor com outras pessoas e empresas; e certeza de que um trabalho estruturado de gestão de imagem e carreira é um dos melhores caminhos para se chegar lá.

Ao longo de mais de uma década, a Patricia Dalpra já trabalhou para centenas de profissionais, executivos, empresários, atletas, instituições e empresas.

Specialties: Gestão de imagem, gestão de carreira e coaching. Personal branding, branding executivo, brand on, brand off, estudo do dna pessoal e corporativo e comunicação.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *