O que é a comunicação não violenta e como colocá-la em prática?

A comunicação não violenta é aquela que não ofende e diminui o próximo. Muitas vezes, expomos nosso ponto de vista de maneira agressiva, somente para demonstrar uma ideia que aparentemente é mais eficaz ou interessante.

O problema com essa abordagem mais áspera é que, ao longo do tempo, ela traz efeitos negativos para o ambiente corporativo. As pessoas começam a criar ressentimento e mágoa, o que costuma resultar em conflitos que variam em número, frequência e intensidade.

A solução para esse problema é mais simples do que parece: basta ouvir com atenção e, principalmente, eliminar os maus hábitos que estão relacionados a uma liderança arcaica e que muitas vezes é danosa para sua companhia.

Abaixo, falaremos mais sobre o tema e mostraremos como você pode se comunicar de maneira eficaz com algumas medidas práticas e simples. Gostou da ideia? Continue sua leitura!

Escute com mais atenção

Um dos principais estopins para discussões é a má interpretação. Nem todos nós conseguimos nos expressar com clareza e, comumente, passamos a ter problemas para expor uma ideia ou ponto de vista.

Além disso, ainda existem casos em que entendemos tudo de maneira equivocada, o que ajuda a criar mais problemas — especialmente em relações turbulentas. A única maneira de contornar o problema é ouvindo tudo com calma, clareza e sem fazer julgamento de valor.

Na dúvida, pergunte e seja o mais claro possível. Durante esse exercício, é possível desenvolver um hábito mais saudável de comunicação, o que normalmente colabora com a transformação de todas as relações interpessoais.

gestão de imagemPowered by Rock Convert

Desenvolva sua inteligência emocional

Agora que você já sabe a importância de ouvir, chegou o momento de falarmos sobre como você reage aquilo que foi dito. Em algumas situações, é inevitável existirem críticas, embates ou até mesmo problemas de relacionamento mais sérios.

O importante aqui não é exatamente o que acontece, mas sim como você reage a essas situações. Se seu objetivo for simplesmente atacar com uma comunicação verbal mais agressiva, tenha certeza de que o ambiente e as relações se tornarão piores, assim como sua própria saúde e percepção.

Por isso, desenvolva sua inteligência emocional para alcançar uma comunicação não violenta. Aprenda a lidar com pessoas e situações difíceis e, ao longo do tempo, se tornará cada vez mais fácil evitar problemas ou conseguir resoluções práticas e assertivas. Na maior parte dos casos, conflitos são desnecessários e até mesmo impeditivos para o sucesso, portanto, tenha muita atenção.

Use a empatia e se comunique de maneira eficaz

Por fim, não se esqueça de cultivar a empatia. Seja empático com todos seus colaboradores e pessoas que você encontra na sua vida. Esse exercício constante de se colocar no lugar do outro pode transformar nossa percepção de maneira praticamente imediata.

Inclusive, essa visão mais clara pode fazer com que as pessoas desenvolvam pontos de vista mais práticos e saudáveis. Nem todos aqueles que criticam nossas ideias são nossos inimigos, assim como nem todo conflito ou problema pessoal é motivo para atitudes cada vez mais drásticas e vingativas.

O ideal é encontrar o meio do caminho e a dosagem certa para cada tipo de situação. Ser um bom líder, em constante capacitação, adepto da comunicação não violenta e preparado para essas situações é o que pode transformar sua marca pessoal e aumentar sua resiliência na vida pessoal e profissional. Isso, invariavelmente, costuma gerar melhores resultados na sua vida como um todo.

Gostou do post? Que tal uma leitura complementar sobre liderança e empatia? Garantimos sua satisfação!

autoconfiança na marca pessoalPowered by Rock Convert

Patricia Dalpra é Estrategista em personal branding e gerenciamento de carreira.

O trabalho que Patricia Dalpra desenvolve surgiu de uma vontade e de uma certeza: vontade de levar pessoas e empresas a crescer, alcançar seus objetivos de negócios e de imagem e se relacionar melhor com outras pessoas e empresas; e certeza de que um trabalho estruturado de gestão de imagem e carreira é um dos melhores caminhos para se chegar lá. Ao longo de mais de uma década, a Patricia Dalpra já trabalhou para centenas de profissionais, executivos, empresários, atletas, instituições e empresas.

Specialties: Gestão de imagem, gestão de carreira e coaching. Personal branding, branding executivo, brand on, brand off, estudo do dna pessoal e corporativo e comunicação.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *