Posts

Como dar feedback negativo para um colaborador?

O feedback negativo pode ser associado pelo senso comum a um processo prejudicial que inibe e constrange os colaboradores. Entretanto, a verdade é que, dependendo da maneira como você executa o feedback, o desempenho do colaborador e consequentemente da empresa, pode ser otimizado.

Da mesma maneira, o feedback negativo pode atrapalhar a motivação e produtividade da sua equipe, o que também leva ao baixo desempenho empresarial. Tudo vai depender de como esse processo é executado pelos gestores, além do empenho dos colaboradores em transformar isso em evolução. 

Ou seja, considerando que o feedback negativo pode resultar em dores ou delícias dentro de um negócio, de acordo com a forma com que é aplicado, é importante conhecer as melhores práticas para dar retorno. Assim, confira nosso post!

1. Tenha clareza

É preciso considerar que o momento de receber feedbacks costuma ser tenso para a maior parte das pessoas, que podem não se sentir confortáveis com a ideia de serem avaliados e terem os esforços questionados. Por isso, é comum que o nível de concentração diminua, assim como a confiança para pedir melhores explicações do que foi dito pelos superiores.

Dessa maneira, prezar pela clareza é uma das estratégias mais importantes para evitar ruídos na comunicação e diminuir as chances dos colaboradores fazerem interpretações diferentes do que foi dito, o que dificultaria a evolução de cada um, como a identificação de forma coletiva do que pode ter contribuído para erros ou desempenhos insuficientes.

Para isso, é válido ser didático e utilizar recursos visuais, se necessário, como gráficos e dados mensuráveis que contribuem para apresentação do feedback com mais clareza. Estruturar ideias, fornecer exemplos e sugestões também são maneiras de colocar o procedimento em prática.

2. Seja gentil

Constranger o colaborador não apenas pode não ter resultado nenhum na melhoria do desempenho, como pode contribuir para a queda na qualidade do trabalho, já que o profissional pode se sentir desmotivado para tentar o seu melhor. 

Então, seja gentil e comece falando sobre os pontos positivos, como o bom desempenho de cada um em determinada atividade, e depois fale sobre o que precisa ser aprimorado, reforçando que existe potencial para alcançar a evolução.

Quer um exemplo? Fale dos motivos que levaram a contratação do colaborador. Isso aumenta a confiança e diminui a tensão do momento, o que também é importante para aumentar a busca pela solução de problemas.

3. Utilize a Comunicação Não-Violenta

A CNV é um conceito desenvolvido por psicólogos que visam uma relação de mais parceria e cooperação, em que a comunicação predominante é sem violência e com empatia. Saber fazer isso contribui para um melhor clima organizacional, o que deve evitar críticas pessoais e grosseiras. Além disso, o princípio dela também inclui saber ouvir o colaborador, para que o feedback seja aplicado com mais eficácia.

Como você pôde perceber, a comunicação adequada pode ser a chave para que o feedback negativo passado aos colaboradores tenha bons frutos tanto do ponto de vista individual quanto coletivo, aumentando o potencial da empresa, que pode se tornar mais produtiva e alinhada com as propostas do negócio. 

Por esse motivo, que tal continuar aprendendo sobre o assunto? Confira o nosso post sobre estratégia de comunicação!

como receber feedback

Como receber feedback? Saiba como reagir da melhor forma

Saber como receber feedback é uma das maneiras mais rápidas de conseguir crescimento profissional. Entender e conseguir lidar com críticas (até mesmo com as não construtivas) faz com que seja possível observar os resultados de maneira neutra e livre de qualquer tipo de tendência ou viés.

Como todos nós sabemos, é sempre difícil assimilar e compreender nossos erros, principalmente quando eles são grandes e podem influenciar em larga escala no planejamento de uma companhia. Apesar disso, se colocar em uma posição de vulnerabilidade e humildade é importante para que os riscos das nossas ações sejam reduzidos e para que se crie um ambiente empresarial livre, cada vez mais produtivo e com boas ideias. 

Abaixo, falaremos sobre 3 dicas que podem facilitar a maneira com a qual você lida com críticas. Pronto para saber mais a respeito? Continue sua leitura até o final!

1. Não reaja de forma impulsiva

Antes de tudo, é fundamental ouvir um feedback por completo antes de respondê-lo. Normalmente, somos apegados ao nosso trabalho e às nossas ideias e, por isso, tendemos a defendê-las com unhas e dentes.

O problema é que nem sempre estamos totalmente corretos e, em muitas ocasiões, podem existir complementos e novas abordagens capazes de modificar ou até mesmo complementar nossa contribuição.

Por isso, esteja aberto e apto para ouvir e entender essas novas perspectivas. No final, o que conta é o resultado, e se você estiver em uma posição de liderança, não há nada melhor do que criar um ambiente livre de conflitos e repleto de sinceridade e boas ideias.

2. Evite ficar na defensiva

Ficar na defensiva é outro comportamento comum e indesejável. Normalmente, é possível notar essa atitude quando tentamos justificar incessantemente um ponto de vista que não é tão vantajoso quanto pensamos.

O ideal é conseguir identificar esse costume antes de ele se tornar danoso, o que normalmente acontece com o prosseguimento para uma rigidez e controle total do que está sendo dito ou aplicado dentro da corporação.

Por isso, aceite o feedback e rapidamente perceba quando sua ideia não se sustenta em algumas circunstâncias — essa atitude ajuda a colaborar imensamente com seu projeto e seus resultados.

3. Agradeça pelo feedback

Por fim, uma etapa importante para entender como receber feedback é não deixar de agradecer, não importa qual ele seja. Essa não só é uma medida de educação, como pode ser uma boa entrada para uma conversa mais franca e mais realista sobre o que está sendo discutido.

Apesar de termos abordado bastante sobre seu papel como ouvinte, é interessante dizer que muitas das vezes as pessoas também não sabem expor um ponto de vista da melhor forma. Sendo assim, é fundamental se colocar em um papel de mediador e conseguir extrair as melhores opções para resolução do problema.

Vale ressaltar que um líder, além de saber como receber feedback, também deve ser capaz de criar um ambiente harmonioso e com boas relações. Tudo isso faz com que seja possível alcançar objetivos cada vez maiores, dentro e fora de qualquer empresa.

Gostou do post? Assine nossa Newsletter e não perca mais nenhum conteúdo como este!