What-is-my-brand-3

Qual o impacto que você está causando?

Hoje quero falar com vocês sobre a importância do gerenciamento da marca pessoal, o tão falado personal branding.

Vocês acham que somente pessoas famosas precisam se preocupar com sua marca pessoal? Bem, quem respondeu sim, está completamente enganado.  É bem verdade que pessoas famosas ou públicas podem potencializar os ganhos através da correta administração da sua imagem.   Mas para todos nós, simples mortais, o gerenciamento da marca pessoal torna-se fundamental na sociedade atual.

Depois do movimento de globalização que teve início em meados da década de noventa onde aconteceu um movimento de homogeneização   do comportamento entre os povos e cultura, a grande expressão da sociedade atual tornou- se “Diferencie-se”.  Para ter visibilidade e se destacar é preciso trazer para fora nossas características que nos fazem únicos.  É preciso entender qual o seu DNA, qual a sua  verdadeira essência. A partir deste auto conhecimento que parte do interno para o  externo, será possível trabalhar, ou pelo menos, entender a percepção, o impacto que causa no outro. O gerenciamento da marca pessoal parte de algo concreto e verdadeiro.  Um exemplo para exemplificar o que estou tentando explicar.

Muitas pessoas confundem marca pessoal com o marketing pessoal.  Uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa.  Como mencionei acima, o trabalho de marca pessoal parte de algo que existe, de atributos que estão ali mas que talvez não estejam sendo comunicados de forma correta  afim de serem percebido pelos outros.  Já o marketing pessoal  prega algo como “você pode ser quem você quer ser”. A partir desta premissa  são criadas ferramentas de marketing para vender algo ao seu público alvo.  Na marca pessoal não pensamos desta forma. Podemos sim partir do público alvo para entender qual dos nossos atributos serão mais importantes serem percebidos por aquele público.  Durante o processo de estudo da marca pessoal nada se cria tudo se descobre.

A importância deste alto conhecimento e deste gerenciamento está ligado à história que você quer contar para o mundo. Ao impacto que causará nas pessoas que convivem com você. Na marca que você deixará registrada. Este processo está ligado à todas as formas de comunicação que existem que vai desde a presencial até a virtual. E aqui temos um espaço enorme através das mídias digitais que se bem gerenciadas, serão ótimas aliadas.

No gerenciamento da marca pessoal não basta parecer  é fundamental ser.

Artigos Relacionados

Patricia Dalpra é Estrategista em personal branding e gerenciamento de carreira.

O trabalho que Patricia Dalpra desenvolve surgiu de uma vontade e de uma certeza: vontade de levar pessoas e empresas a crescer, alcançar seus objetivos de negócios e de imagem e se relacionar melhor com outras pessoas e empresas; e certeza de que um trabalho estruturado de gestão de imagem e carreira é um dos melhores caminhos para se chegar lá.

Ao longo de mais de uma década, a Patricia Dalpra já trabalhou para centenas de profissionais, executivos, empresários, atletas, instituições e empresas.

Specialties: Gestão de imagem, gestão de carreira e coaching. Personal branding, branding executivo, brand on, brand off, estudo do dna pessoal e corporativo e comunicação.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *