Depositphotos_101923620_m-2015.jpg.jpeg

Vida de atleta: como se preparar para a transição de carreira?

Nem todo atleta profissional inicia sua carreira na infância, mas a maioria se vê obrigada a deixar o esporte ainda jovem. Os anos de dedicação exclusiva ao esporte fazem com que a maioria deles não pense no impacto que a aposentadoria trará em suas vidas.

Portanto, planejar a transição de carreira quando ainda está na ativa é essencial para que o processo seja gradual, proporcione novas possibilidades profissionais e não tenha grandes impactos emocionais e financeiros.

No cenário internacional, a entrada para a profissionalização do esporte são os programas universitários que oferecem infraestrutura adequada para os treinos e bolsas de estudos para a formação acadêmica. Essa associação do esporte e da formação acadêmica movimenta um mercado de patrocínio e cria oportunidades pós-carreira fundamentais aos atletas estrangeiros, o que infelizmente não acontece no Brasil.

Boa parte dos talentosos atletas brasileiros são descobertos em programas sociais ou por clubes, mas eles não contemplam ou enfatizam a formação acadêmica e a importância do projeto de transição de carreira para a aposentadoria.

Vamos discutir neste artigo como um atleta brasileiro pode lidar com sua transição de carreira e encontrar novas oportunidades de carreira.

Como fazer a transição de carreira no Brasil?

Buscar esta resposta antes da efetiva aposentadoria é o primeiro passo, pois muitos atletas acabam declarando falência ou problemas emocionais quando finalizam suas carreiras sem ter um planejamento prévio.

É possível identificar habilidades pessoais e profissionais no atleta, que podem ser exploradas em um plano de negócios de longo prazo. Neste caso, a gestão de carreira do atleta começa com o foco na valorização do gerenciamento de sua imagem, o seu maior ativo para o futuro. Vejamos alguns detalhes:

Fazer o correto gerenciamento de imagem

Sabemos que nem todas as modalidades esportivas possuem a mesma visibilidade no Brasil, e, por isso, conquistar patrocinadores e investidores para um atleta nem sempre é fácil.

Ao fazer a gestão da imagem e carreira do atleta, é preciso analisar e usar toda a essência comportamental e não só a imagem de “campeão”. Disciplina, garra, humildade, perseverança. Todas essas características fazem parte do DNA do atleta e também do indivíduo fora do ambiente de competição e podem ser a imagem que será explorada em sua futura carreira e em seus negócios.

Uma imagem consolidada positivamente é uma ferramenta para negócios indiscutível. Basta observar o sucesso de atletas como Gustavo Kuerten, que, mesmo depois de anos aposentado como atleta de um esporte pouco popular no Brasil, ainda tem presença forte com o público infantil e popular, fazendo propagandas de macarrão e lojas de departamento. Seu carisma é seu maior atributo e foi escolhido para ser explorado em seu pós carreira junto com sua personalidade simpática e humilde que foi evidenciada ainda quando tenista e virou seu maior ativo.

Buscar um gestor de carreira referência no mercado

Os atletas não possuem apenas habilidades relacionadas ao esporte e, para descobrir suas outras potencialidades, precisam de um gestor de imagem e carreira que saiba identificá-las. Um gestor de carreira e imagem é capaz de traçar com o atleta um plano de carreira pós-aposentadoria direcionado a partir de suas outras habilidades identificadas.

Esse trabalho pode contemplar, inclusive, um plano de comunicação junto às mídias sociais, preparando o atleta para se comunicar de forma profissional e efetiva, evitando erros comuns em redes sociais que podem atrapalhar a marca pessoal do atleta.

Ou seja, ele terá um acompanhamento e será orientado sobre como se pronunciar em redes sociais e ao público, estabelecer um networking produtivo usando sua imagem e também sobre como corrigir as tomadas de decisão quando elas não forem de encontro com o projeto criado.

Compreender que a aposentadoria não é um fato, e sim uma transição

Enquanto atleta, um indivíduo desenvolve o gosto pela competição e controle do estresse para momentos cruciais do jogo. Totalmente imerso nesse mundo, ele pode sentir o choque do final da carreira. Mesmo ainda focado em sua performance como atleta, é necessário planejar aonde quer chegar e corrigir a rota sempre que os rumos não estiverem de acordo com o esperado para sua transição de carreira.

O acompanhamento de um gestor de imagem e carreira para um atleta atuante permite que sua marca pessoal seja trabalhada adequadamente perante o público e empresas patrocinadoras, focando estrategicamente nos projetos de curto e longo prazo que também contemplem a transição de carreira.

Não é apenas em palestras e por meio da participação como comentarista que um atleta pode apostar sua aposentadoria. Existem possibilidades infinitas que trarão satisfação e bom retorno financeiro. Para que aconteçam, não basta pular de paraquedas nelas, é preciso construir o caminho aproveitando os ventos que sopram quando o atleta ainda está em evidência e, por isso, um gestor de carreira é tão importante.

Você já pensou sobre a transição de carreira? Deixe seu comentário!

Artigos Relacionados

Patricia Dalpra é Estrategista em personal branding e gerenciamento de carreira.

O trabalho que Patricia Dalpra desenvolve surgiu de uma vontade e de uma certeza: vontade de levar pessoas e empresas a crescer, alcançar seus objetivos de negócios e de imagem e se relacionar melhor com outras pessoas e empresas; e certeza de que um trabalho estruturado de gestão de imagem e carreira é um dos melhores caminhos para se chegar lá.

Ao longo de mais de uma década, a Patricia Dalpra já trabalhou para centenas de profissionais, executivos, empresários, atletas, instituições e empresas.

Specialties: Gestão de imagem, gestão de carreira e coaching. Personal branding, branding executivo, brand on, brand off, estudo do dna pessoal e corporativo e comunicação.

1 responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] do Neymar em sua boca. Outra coisa muito comum de acontecer é a exposição cada vez maior de atletas jovens que não possuem maturidade para lidar com a fama e o dinheiro que […]

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *