voce-sabe-como-desenvolver-a-inteligencia-emocional.jpeg

Você sabe como desenvolver a inteligência emocional?

Atualmente, para que alguém tenha sucesso na vida profissional, é preciso desenvolver certas competências como autoconhecimento, motivação, autocontrole, empatia e habilidades sociais que, juntas, formam a inteligência emocional.

Ao contrário do que muitos pensam, ela não tem relação com a noção tradicional de inteligência — determinada pelo QI —, e pode ser desenvolvida e treinada, exercendo grande influência sobre o controle emocional e a capacidade de liderança.

Uma pessoa com uma boa inteligência emocional consegue enfrentar seus sentimentos, controlar os impulsos e evita ser dominada por situações negativas. Além disso, se torna mais empática, produtiva e tem muito mais destaque no meio profissional. Quer saber como desenvolver a sua da melhor forma? Então, continue a leitura e confira!

Reduza emoções negativas

Um dos principais pontos ao desenvolver a inteligência emocional é saber conduzir todas as emoções negativas. Sendo assim, evite saltar imediatamente para uma conclusão ruim de alguma situação e lembre-se que tudo tem uma saída: só basta procurá-la.

Uma dica para entender melhor esse processo é anotar todos os seus pensamentos e sentimentos em uma folha de papel e ler quando estiver mais calmo.

Diminua situações de estresse e ansiedade

Todo mundo passa por momentos de estresse, ansiedade e insegurança na vida, não é verdade? E saber lidar com essas situações faz uma grande diferença entre o equilíbrio e a disfunção.

Por isso, quando estiver sob pressão, a coisa mais importante a fazer é manter a calma, por mais difícil que seja. Tomar um ar fresco, respirar fundo, lavar o rosto com água fria e evitar a cafeína, por exemplo, podem contribuir diretamente para isso.

Pense antes de agir

Ser capaz de se conectar aos seus sentimentos e ter consciência de como eles influenciam os seus pensamentos e ações são as chaves para entender a si mesmo e pensar antes de agir em situações mais tensas.

Muitas pessoas vivem desconectadas de suas emoções — raiva, alegria, tristeza e medo —, devido a experiências negativas da infância que as ensinaram a desligar esses sentimentos. No entanto, eles ainda estão armazenados no subconsciente.

Sem essa consciência, não somos capazes de compreender plenamente as nossas necessidades e motivações ou nos comunicarmos com os outros de uma maneira eficaz. Então, para ser emocionalmente saudável e inteligente, procure se reconectar com essas emoções essenciais, aceite-as e aprenda a se sentir confortável com elas.

Seja empático

A empatia é um item fundamental no desenvolvimento da inteligência emocional no trabalho. Portanto, tente compreender que há dias em que o seu chefe estará mais agitado, que o seu colega de trabalho estará menos receptivo e que nem sempre as reações dos outros serão guiadas por um pensamento racional.

Dessa forma, você vai conseguir se colocar no lugar das pessoas sem levar as suas reações para o lado pessoal, evitando problemas. Lembre-se que, muitas vezes, basta um momento de silêncio e uma abordagem mais sutil para que as coisas se resolvam.

Então, use o afeto para lidar com conflitos, tenha foco na solução dos problemas e mostre aos seus colegas que você está ali para contribuir, e não para gerar frustrações e críticas.

Nem sempre as pessoas terão a mesma visão de mundo e capacidade de adaptação que você. Portanto, coloque-se totalmente no lugar do outro e procure praticar o respeito e a tolerância, mesmo quando a outra pessoa estiver alterada emocionalmente.

Agora que você entendeu a importância da inteligência emocional na vida profissional e conferiu algumas dicas para expandi-la, é hora de colocá-la em prática!

Mesmo que não seja fácil, é possível treinar o seu emocional para conquistar o equilíbrio entre o sentimento e a razão e melhorar ainda mais o seu desempenho e a sua produtividade. Assim, você estará pronto para ser uma pessoa mais consciente e dona de suas próprias reações.

E aí, gostou de conhecer as principais dicas para desenvolver a sua inteligência emocional no ambiente de trabalho? Quer saber como essa virtude pode ser decisiva para a construção de um líder? Então, aproveite que para ler o nosso post sobre o assunto!

Patricia Dalpra é Estrategista em personal branding e gerenciamento de carreira.

O trabalho que Patricia Dalpra desenvolve surgiu de uma vontade e de uma certeza: vontade de levar pessoas e empresas a crescer, alcançar seus objetivos de negócios e de imagem e se relacionar melhor com outras pessoas e empresas; e certeza de que um trabalho estruturado de gestão de imagem e carreira é um dos melhores caminhos para se chegar lá.

Ao longo de mais de uma década, a Patricia Dalpra já trabalhou para centenas de profissionais, executivos, empresários, atletas, instituições e empresas.

Specialties: Gestão de imagem, gestão de carreira e coaching. Personal branding, branding executivo, brand on, brand off, estudo do dna pessoal e corporativo e comunicação.

Artigos Relacionados

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *