confira-4-habilidades-do-futuro-que-vao-fazer-a-diferenca-no-mercado.jpeg

Confira 4 habilidades do futuro que vão fazer a diferença no mercado

Não é novidade para ninguém que as mulheres estão, cada vez mais, ocupando o seu espaço na sociedade e atingindo posições que estejam em consonância com a sua qualificação. Se você também deseja evoluir em sua carreira, é fundamental conhecer as habilidades do futuro que farão a diferença no mercado.

O fato é que, ainda que o preconceito esteja diminuindo em todo o planeta e boa parte das empresas já percebeu que um toque feminino pode trazer excelentes resultados, é essencial descobrir e se apropriar de diferenciais que são positivos ao mundo profissional.

Neste post, confira 4 dessas habilidades.

1. Flexibilidade cognitiva

Definitivamente, a flexibilidade cognitiva é uma das habilidades que fará a diferença no mercado. Esse conceito diz respeito à capacidade de expandir as formas de pensar, criando novas maneiras e descobrindo caminhos diferentes para solucionar os problemas que surgem no cotidiano.

É uma aptidão imprescindível, por exemplo, para líderes e gestores, que são responsáveis pelas tomadas de decisão. Quanto mais flexível é uma pessoa, mais capacidade ela terá de perceber novos padrões e criar associações singulares entre as ideias que, porventura, venham a surgir na empresa ou segmento.

2. Inteligência emocional

A inteligência emocional já é uma habilidade muito solicitada atualmente e promete, com o passar do tempo, se tornar cada vez mais imprescindível no mercado de trabalho. Trata-se de saber reconhecer, avaliar e ponderar não apenas sobre as próprias emoções, como também com as de outras pessoas.

Isso envolve o estabelecimento de empatia e, logicamente, a produção de resultados positivos dentro do âmbito profissional. Essa é uma aptidão social extremamente importante, sobretudo em tempos altamente tecnológicos, nos quais o distanciamento se tornou uma marca forte.

3. Criatividade

O profissional também precisará ser, cada vez mais, um ser criativo, que consegue conectar as informações que surgem de uma forma inovadora, mas fazendo com que isso gere resultados positivos. As novas tecnologias e produtos também contribuem, pois demandam caminhos diferentes.

Vale perceber que, mesmo com todas as evoluções que estamos vivendo, as máquinas ainda não têm a capacidade criativa do ser humano, o que faz com que esse seja um dos pontos fortes para quem deseja ocupar os melhores cargos nas organizações do futuro.

4. Pensamento crítico

Por fim, pouco adianta reunir todas as qualidades mencionadas se a pessoa não possuir pensamento crítico. Essa é uma habilidade que reúne raciocínio, lógica e uma visão ampla do mercado, o que a torna, logicamente, muito difícil de ser conseguida.

O profissional do futuro deverá ser capaz de utilizar coerência e estratégia para questionar determinados problemas, identificar boas oportunidades, avaliar as diferentes soluções para um obstáculo e saber incorporar as novidades que a tecnologia proporciona.

Pronto! Aqui você pôde conhecer mais sobre as habilidades do futuro, logo, se deseja se diferenciar no seu segmento, contar com a visão de um profissional focado no desenvolvimento de carreira e gestão de imagem pode auxiliar no descobrimento e na apropriação das aptidões que você precisa!

Então, quer se dedicar desde já para não ficar para trás? Entre em contato conosco, queremos muito ajudar!

afinal-o-que-sao-soft-skills-e-por-que-sao-tao-importantes.jpeg

Afinal, o que são soft skills e por que são tão importantes?

Para conquistar o emprego dos seus sonhos ou ter uma boa estabilidade na carreira, independentemente da sua área de atuação, é preciso oferecer diferenciais e desenvolver habilidades, tanto do ponto de vista técnico quanto do profissional. Por isso, é essencial saber o que são as soft skills e por que elas são tão valorizadas.

Poucas pessoas estão familiarizadas adequadamente com esse conceito, mas o fato é que ele vem ganhando bastante espaço no mercado e sendo cobrado por muitos contratantes e profissionais de recursos humanos. Confira o conteúdo a seguir e aprenda um pouco mais sobre esse assunto!

O que são as soft skills?

O termo “soft skills”, logicamente, deriva do inglês. Enquanto “skill” quer dizer habilidade, “soft” significa algo suave ou macio. No mundo corporativo, esse conceito diz respeito aos atributos e competências que não são diretamente técnicos para a profissão, mas que contribuem para os relacionamentos e o ambiente de trabalho.

Por conta disso, as soft skills não costumam ser exigidas de forma oficial na hora da contratação, mas são extremamente valiosas para qualquer empresa — e os contratantes sabem muito bem disso. Sendo assim, é natural que elas seam cada vez mais valorizadas nos processos de seleção, até mesmo para cargos de liderança.

Aspectos valorizados no ambiente de trabalho

Atitude positiva

Uma atitude positiva é bastante desejada no ambiente de trabalho nos dias de hoje, especialmente porque o estresse e a rotina corrida fazem parte da maioria das profissões. Assim, pessoas que conseguem se manter otimistas e lida bem com a pressão são mais valorizadas, pois sua atitude também estimula a produtividade de quem está em volta.

Trabalho em equipe

Saber trabalhar em equipe também é muito importante, visto que nenhuma empresa ou organização depende apenas de uma única pessoa. Saber unir os talentos e ter boas qualidades de comunicação, portanto, é imprescindível na atualidade, sobretudo em função da grande competitividade do mercado de hoje.

Resolução de problemas

Todo mundo conhece algum profissional que simplesmente “empurra” os problemas para os outros ou gosta de “varrer a sujeita para baixo do tapete”, não é verdade? Pois os gestores estão atentos a essas pessoas e valorizam muito mais indivíduos proativos e que, efetivamente, resolvem os problemas que surgem.

Como desenvolver as soft skills?

Muita gente acredita que as soft skills são características natas. Embora isso tenha uma parcela de verdade, existem atributos que podem ser desenvolvidos com o tempo. O primeiro passo para isso é investir no autoconhecimento, até mesmo para descobrir seus pontos fortes e o que deve ser aprimorado.

Também é muito importante saber gerenciar bem o seu tempo, para se organizar e poder melhorar as suas falhas. Invista no seu poder de comunicação, abra a sua mente para novas aventuras e considere contar com ajuda profissional, como um coach — que poderá direcionar os seus esforços para que você seja mais eficiente!

Como você pôde ver, contar com profissionais dotados de soft skills é um desejo cada vez maior do mercado de trabalho!

E agora, se preparou para desenvolver suas soft skills? Quer conferir outros conteúdos como esse? Então que tal assinar gratuitamente a nossa newsletter?