Instagram para negócios: 4 ferramentas para profissionais liberais

Todo mundo sabe que as redes sociais já são parte integrante da vida de grande parte da população, influenciando não apenas o seu comportamento, mas também a forma como consomem produtos e serviços. Pensando nisso, resolvemos preparar um post abordando o Instagram para negócios e algumas de suas ferramentas para profissionais liberais.

Por meio do uso estratégico e programado de tais recursos, é possível angariar mais clientes, atingir um novo público ou até mesmo ganhar mais credibilidade dentro do seu segmento de mercado, gerenciando sua imagem profissional sem gastar nada por isso. Continue lendo o conteúdo e descubra como!

1. Reels

Os Reels podem ser considerados como o recurso do momento no Instagram, visto que a própria plataforma já avisou que impulsionará com mais afinco esse tipo de conteúdo. Ele funciona de forma similar à outra rede social que vem fazendo bastante sucesso atualmente: o Tik Tok.

São vídeos bem curtos, cuja gravação não ultrapassa os 30 segundos. Eles podem ser feitos de forma direta ou com múltiplos cortes, se valendo de efeitos como a realidade aumentada ou áudios externos, como músicas de fundo e dublagens.

2. Vídeos Longos

Relativamente parecido com o Reels, mas a grande diferença está na duração dos vídeos, que pode ser muito maior aqui. A ideia da ferramenta é ser uma espécie de concorrente para o YouTube, com conteúdos mais densos e aprofundados.

Para profissionais liberais que querem usar o Instagram para negócios,  esse formato de vídeos mais longos se configura em uma possibilidade de gerar materiais relevantes e que possam reforçar seu branding pessoal. Também é possível utilizar para “salvar” Lives antigas, para quem não conseguiu assistir ao vivo.

gestão de imagem

3. Lives

Falando em Lives, precisamos incluí-las na lista de opções para profissionais liberais que querem usar o Instagram para negócios. Elas ganharam muita popularidade com as demandas de distanciamento social, sendo uma alternativa de entretenimento e informação.

Outra possibilidade é o de usá-las para entrevistas ou aulas, além de bate papos com outros usuários da rede. É uma maneira de estabelecer um novo canal de comunicação direta com seu público, promovendo a aproximação de forma natural e orgânica.

4. Fixar comentários

Por fim, não poderíamos deixar de falar da possibilidade de fixar comentários para profissionais liberais que querem usar o Instagram para negócios. É um recurso muito simples e que pode passar desapercebido para alguns usuários, mas que pode ser de grande valia como uma discreta estratégia de marketing natural.

Quando você faz isso na sua postagem, o que foi comentado fica em destaque em seu respectivo post. Com isso, você pode direcionar os “holofotes” para feedbacks positivos, dúvidas interessantes ou qualquer outro conteúdo que deseje que seja visto primeiro.

Como você pôde ver, não faltam estratégias para profissionais liberais que querem usar o Instagram para negócios. Citamos algumas das principais, mas ainda existe o Boomerang, GIFs, filtros e muito mais!

Gostou de apender mais sobre o Instagram para negócios? Quer conferir outro post interessante para profissionais liberais? Então continue conosco e descubra como investir em marketing de conteúdo!

autoconfiança na marca pessoal

Patricia Dalpra é Estrategista em personal branding e gerenciamento de carreira.

O trabalho que Patricia Dalpra desenvolve surgiu de uma vontade e de uma certeza: vontade de levar pessoas e empresas a crescer, alcançar seus objetivos de negócios e de imagem e se relacionar melhor com outras pessoas e empresas; e certeza de que um trabalho estruturado de gestão de imagem e carreira é um dos melhores caminhos para se chegar lá. Ao longo de mais de uma década, a Patricia Dalpra já trabalhou para centenas de profissionais, executivos, empresários, atletas, instituições e empresas.

Specialties: Gestão de imagem, gestão de carreira e coaching. Personal branding, branding executivo, brand on, brand off, estudo do dna pessoal e corporativo e comunicação.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *