Posts

Precisamos conversar sobre as habilidades profissionais que te levarão a outro nível

Se você cresceu em um contexto em que para ser contratado no mercado de trabalho bastava ter um curso superior, possivelmente já percebeu que a situação fica cada vez mais desafiante e a busca por habilidades profissionais permanentes.

Em boa parte das vezes, não aprendemos a buscar essas habilidades profissionais nas instituições escolares e acadêmicas, é o caso da liderança e inteligência emocional, por exemplo. Seja como for, você precisa aprender a buscar e desenvolver cada uma delas para ter maiores chances de ser contratado e com o tempo, subir no cargo.

Então, sentiu curiosidade e quer entender mais sobre o assunto? Continue conosco!

Qual a importância de desenvolver habilidades profissionais? 

Tente se colocar no lugar do empregador: considerando que, quando um colaborador não conta com as habilidades profissionais necessárias para o cargo, é natural a necessidade dele ser substituído por outro que preenche essa lacuna — essa rotatividade pode custar até 16% da renda anual do trabalhador.

Assim, quando o colaborador já se apresenta durante o recrutamento com as habilidades profissionais necessárias, a empresa entende que há menores chances de precisar trocar a força de trabalho, pelo menos no curto prazo, e aumenta as chances de sua contratação ser efetuada. 

Além disso, desenvolver as habilidades profissionais ajuda na eficiência e produtividade, para que o trabalho desempenhado seja cada vez melhor e você possa contribuir para que a empresa alcance melhores resultados. Isso aumenta as chances de haver uma promoção para um cargo mais elevado e lucrativo, que deve ser objetivo de qualquer colaborador.

Quais as principais habilidades profissionais que o colaborador deve ter?

As habilidades profissionais variam de acordo com o cargo e empresa, mas no geral, qualquer empregador busca as mencionadas a seguir:

  • resiliência: a capacidade de se adaptar rapidamente em situações adversas, como a pandemia do coronavírus, por exemplo;
  • liderança: mesmo que a primeira contratação não seja um cargo de gerência, o potencial de liderar ao motivar equipes, delegar tarefas, ser exemplo e até se autoliderar é sempre bem-vindo;
  • comunicação: saber ouvir e se expressar com clareza é fundamental para que a mensagem não tenha ruídos e isso não leve a problemas;
  • trabalho em equipe: é a habilidade de se relacionar positivamente no trabalho para conseguir atingir metas e objetivos de forma conjunta;
  • resolução de problemas: os problemas precisam ser analisados de diferentes ângulos para que seja construída a melhor resolução;
  • perseverança e motivação: o mercado de trabalho apresenta inúmeros desafios e é preciso ter profissionais capazes de não se abalar com facilidade diante disso.

Como investir em habilidades profissionais? 

Algumas pessoas já têm algumas das habilidades profissionais citadas sem precisar fazer muitos esforços. Seja como for o seu caso, a recomendação é que a busca pela evolução seja constante. Assim, peça sempre feedback de quem trabalha com você, crie metas, tenha um mentor para melhor orientação etc.

Como você pôde perceber, as habilidades profissionais são indispensáveis para contratação no mercado de trabalho, não basta apenas se dedicar aos estudos acadêmicos. Assim, faça uma avaliação de quais são as habilidades mais requisitadas no seu momento atual e busque evoluir nisso.

Gostou do nosso post? Então confira também sobre as softs skills e continue se atualizando no assunto!

Soft skills: o que são?

Todos nós sabemos que existem atitudes e posturas que são mais vantajosas para as relações interpessoais e profissionais, não é verdade? Pois bem, essas são, essencialmente, as soft skills — as habilidades de comportamento humano que ajudam na sua socialização e comunicação.

Muitas pessoas apresentam um currículo recheado de qualificações, mas poucas delas tiram algum momento do seu dia para analisar como andam suas atitudes com relação às pessoas que estão a sua volta.

Apesar de ter um currículo brilhante ser um ótimo diferencial profissional, para conseguir grandes cargos é preciso, muitas vezes, ser capaz de se comunicar com clareza e de solucionar conflitos e problemas que envolvam os colaboradores a sua volta.

Por isso, é extremamente importante entender e aprimorar suas soft skills. E hoje falaremos mais sobre esse importante tema. Gostou da ideia? Continue sua leitura até o final!

Quais são as principais soft skills?

A princípio, existem dezenas de soft skills que você pode aprimorar. Mas, para simplificar seu entendimento, saiba que todas elas já fazem parte da sua personalidade e do seu comportamento.

A ideia é compreender que não existem necessariamente cursos ou ações diretas para mudar essas habilidades — o que acontece é que devemos ter uma postura de autoanálise constante para vermos como estamos reagindo dentro e fora do mercado de trabalho.

Algumas das principais soft skills são: 

  • comunicação;
  • liderança;
  • flexibilidade;
  • resiliência;
  • criatividade;
  • empatia;
  • pensamento crítico;
  • ética;
  • positividade.

Como você pode observar, a maioria dessas habilidades são desenvolvidas ao longo da vida e estão diretamente relacionadas com a maneira que o indivíduo se entende e interage com os outros que estão no seu ambiente.

Contudo, isso não significa que elas não podem ou não devem ser aprimoradas, muito pelo contrário! É essencial trabalhar cada um desses pontos diariamente para conseguir ter uma vantagem competitiva e, até mesmo, ser uma pessoa mais agradável e que os outros anseiam ter a companhia.

Como desenvolver essas habilidades?

Como mencionamos, não há um livro, curso ou treinamento específico que treine todas essas competências de maneira direta, prática e funcional. Para isso, é importante ter experiência de vida e estar munido de bons princípios e valores.

Com exceção da comunicação, liderança e criatividade todas as outras que mencionamos devem ser trabalhadas de forma contínua ao longo da vida. Agir com ética talvez seja uma das formas mais importantes de causar uma boa impressão e garantir que você é um profissional sério e compromissado com sua função e resultados.

O mesmo vale para flexibilidade, resiliência e positividade. Os melhores profissionais de qualquer ramo são aqueles que conseguem superar as adversidades de maneira firme sem deixar de lado o bom humor e uma perspectiva positiva para o futuro.

De maneira geral, é preciso fazer uma autoanálise constante e sempre buscar uma solução que seja melhor para todos. A busca pelo bem em comum e pela ética são alguns dos principais nortes que ajudam você a criar uma imagem pessoal forte e com o máximo de profissionalismo.

As soft skills estão relacionadas à humanidade e preocupação com aqueles que estão a sua volta. Entenda que ter boa capacidade para trabalhar sob pressão, manter a calma e demais características semelhantes são diferenciais competitivos que não podem ser “comprados” ou conquistados com algumas horas de aula — e esse é o diferencial que pode garantir os melhores cargos e oportunidades para sua vida profissional.

Gostou do post? Assine nossa newsletter e não perca mais nenhuma nova postagem!

descubra seu potencial

Descubra seu potencial: saiba como identificar suas habilidades

Alguém já falou para você: descubra seu potencial e realize-se? De fato, todos nós temos uma capacidade especial para determinada prática ou conhecimento, mas o que nos resta é saber como exercê-la. Não há dúvidas que não se trata de uma tarefa simples e fácil, daquelas que basta querer para ter. 

Pelo contrário! Usufruir 100% de seu potencial requer um trabalho contínuo que engloba fatores desde o autoconhecimento pessoal, até uma construção perfeita de sua “marca”

E será que você já sabe o melhor caminho para isso? Sendo assim, nós resolvemos preparar um post exclusivamente com dicas e sugestões úteis de como descobrir o nosso potencial máximo e saber como identificar as nossas melhores habilidades. Vamos conferir? 

Afinal, qual a importância disso? 

Quando falamos “descubra seu potencial”, não nos referimos apenas a uma mera expressão de incentivo. Não. Descobrir, nesse caso, é explorar aquilo que destaca você dos demais, seja em sua comunidade, grupo de amigos, vizinhança ou, claro, no seu ambiente de trabalho. 

Se trata antes de tudo de um exercício de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal, no qual você se objetiva a buscar uma especialização em determinada atividade ou conhecimento. 

A importância disso é justamente reconhecer aquilo que mais lhe diferencia e que, muitas vezes, passa despercebido e acaba não sendo usufruído como deveria. Descobrir e usar o seu potencial pode ser sinônimo de sucesso, conquistas e evolução para a sua vida, tanto pessoal, como profissional. 

E como descobrir o seu potencial na prática? 

A resposta exata para esta pergunta é unicamente sua e mais ninguém no mundo é capaz de respondê-la por você. Lembre-se que amigos, familiares, profissionais e até desconhecidos podem reconhecer facilmente um potencial seu e, inclusive, ajudarem e sugerirem meios de você desenvolvê-lo melhor. Mas na prática, essa conquista é exclusivamente sua! 

Por isso, a seguir, nós destacamos alguns exercícios e formas práticas de como descobrir o seu potencial e identificar melhor as suas habilidades, mas os resultados só serão possíveis a partir de um autoconhecimento pessoal e da força de vontade em conquistá-los. 

E aí? Está pronto para o teste? Então, confira a dicas! 

Entenda qual a sua capacidade especial 

O que torna você diferente? Qual o seu dom ou habilidade naquilo que gosta de fazer? Enfim, entender a sua capacidade própria é o primeiro passo para explorar melhor o seu verdadeiro potencial. Parece óbvio, mas na prática não é bem assim. 

Afinal, muitas vezes buscamos habilidades em outras referências, em vez de explorarmos a nós mesmos. Por exemplo, em uma entrevista de emprego é comum se preocupar com o diferencial dos outros candidatos, achando que isso trará mais vantagens a ele sobre você. 

O mesmo vale para um atleta, que muitas vezes dedica a estudar mais o adversário do que investir nos seus próprios potenciais. E assim se estende por diversas outras áreas de atuação

Ou seja, não é mal avaliar ou até mesmo se inspirar nas habilidades dos outros. Porém, o que não se deve fazer é buscar um espelho exato daquilo em você, já que nem sempre será possível ser igual ou melhor assim. Reconhecer suas próprias capacidades o destacará muito mais e, certamente, trará resultados muito melhores para você. 

Saiba o que realmente lhe interessa 

Isso significa traçar seus objetivos. Quando falamos em “descubra seu potencial”, isso deve envolver metas reais e viáveis, em busca de resultados que realmente lhe interessam. 

Vamos lá. Para ficar mais claro, é certo que todos temos capacidade de desenvolvermos habilidades e aprendermos coisas novas, técnicas e conhecimentos. Porém, tudo isso pode se limitar apenas às suas capacitações pessoais e profissionais. Ou seja, talvez você domine melhor certo assunto ou conheça mais a fundo determinado procedimento em sua empresa, certo? 

Mas isso são apenas capacidades e não, necessariamente, o seu potencial. Esse último deve envolver algo maior, de real interesse seu, e que permita, de fato, tornar você um diferencial, um especialista, uma referência. 

Reconheça os pontos fortes e fraquezas 

Reforçando aquela ideia de que descobrir o seu potencial tem muito a ver com a prática de autoconhecimento pessoal, mostramos aqui a importância de se reconhecer, tanto os pontos fortes, como suas fraquezas. 

Conseguir separar isso de forma clara pode permitir uma evolução e um desenvolvimento muito mais rápidos e eficientes para o seu sucesso. Afinal, muitas das barreiras e dificuldades que podemos encontrar em nossos caminhos pertencem a nós próprios.  

Diversas vezes são as nossas fraquezas que nos impedem de seguir e de crescer, inclusive, apagando alguns de nossos pontos fortes. Portanto, mensure suas dificuldades e erros, para sempre tentar melhorar. 

Aprenda sempre 

Descobrir o seu verdadeiro potencial é um trabalho contínuo e frequente. Haverá sempre espaço para aprender e evoluir mais. Portanto, nunca pare ou ache que é especialista o bastante em determinada atividade ou assunto, até porque o mercado, as pessoas e o mundo como um todo estão em constante evolução. 

Portanto, leituras, estudos, especializações, consultas com profissionais e qualquer troca de conhecimento serão sempre essenciais em sua trajetória pessoal e profissional. Estamos sempre em um processo de aprendizado contínuo e cabe a nós sabermos usufruir e absorver desses conhecimentos. 

Entenda as suas limitações 

Ninguém está apto à perfeição e ao conhecimento íntegro de tudo. A limitação é uma característica humana e, certamente, é isso que torna a vida em comunidade uma necessidade para nós, em que um complementa o outro. 

Descobrir o seu potencial não o tornará um super-humano, apenas destacará as habilidades que mais lhe convém e, dessa forma, você poderá deter um conhecimento maior em determinada atividade ou assunto. Mas lembre-se: nunca seremos perfeitos e as limitações sempre existirão.  

Enfim, essas são as dicas e sugestões de como identificar suas melhores habilidades, com o intuito de buscar seus diferenciais e destaques na vida pessoal e profissional. Praticar esses exercícios deve ser uma tarefa diária e que, certamente, trará muitos resultados satisfatórios a você. Busque também o suporte profissional para uma orientação prática e, finalmente, descubra seu potencial e permita-se evoluir dentro de seus próprios conhecimentos e capacidades. 

Gostou do post? Então, não deixe de compartilhar em suas redes sociais e marque amigos e profissionais de interesse no assunto.