3 fatores que mais contribuem com a insegurança no trabalho

A insegurança no trabalho é um tópico que não tem a atenção que deveria. Todos os anos, milhares de pessoas se formam, mas não se sentem seguras para atuar. Esse é um sentimento natural e esperado, entretanto, é preciso entendê-lo rapidamente para não “frear” a ascensão profissional e gerar outros problemas mais sérios, como a síndrome do impostor, por exemplo.

Uma das maneiras de resolver esse incômodo é entender alguns dos fatores que levam a essa insegurança. Depois de compreender os problemas, fica fácil evoluir e ir melhorando como pessoa e como profissional ao longo do tempo.

Nesta postagem nós listamos 3 fatores que podem estar influenciando negativamente a sua vida. Cada um deles é muito importante, e se você se sente inseguro atualmente é provável que pelo menos um deles esteja atrapalhando a sua carreira. Ficou interessado em saber mais sobre eles? Continue sua leitura até o final!

1. Baixa autoconfiança

A autoconfiança é um fator determinante para o sucesso. Muitas pessoas não se sentem confortáveis sob sua própria pele, e isso pode se tornar um baita problema. Primeiro de tudo, é preciso fazer uma análise pessoal ou, até mesmo, contar com um profissional da área da saúde mental para trabalhar, diagnosticar ou corrigir questões que levam à criação de falsas crenças.

Depois dessa etapa, é imprescindível entender que a confiança profissional só vem depois da experiência. A qualificação e a busca pelos melhores resultados é o que faz com que a pessoa se sinta segura para atuar. Portanto, um bom remédio para a insegurança é navegar no desconhecido, sempre em busca de resultados.

Falhar é natural e é um processo intrínseco ao sucesso em qualquer ofício. Quando perdemos o medo de errar é quando começamos a aprender. Por isso, abrace a sua insegurança e siga em frente!

gestão de imagem

2. Falta de instrução

A falta de instrução é um fator que deixa muita gente de cabelo em pé. A ausência de qualificação profissional pode provocar uma sensação horrível de desconhecimento e de falta de capacidade. Por isso, é preciso observar se esse é o seu caso.

Ao identificar esse problema, faça tudo o que estiver ao seu alcance para aprender. O estudo e a qualificação é o que ajuda a garantir o domínio sobre qualquer que seja a área. Bons profissionais normalmente são aqueles com maior bagagem teórica e prática, por isso, pergunte, peça ajuda e utilize parte do seu tempo livre para eliminar essas dúvidas que te deixam inseguro no dia a dia.

3. Comparação excessiva a outros profissionais

Se comparar de maneira constante a outros profissionais também pode gerar insegurança, especialmente se você estiver se comparando às maiores referências do seu mercado.

Ao fazer isso, é comum que surjam dúvidas como: será que eu posso chegar nesse nível? Eu tenho essa capacidade? Eu não sou tão inteligente quanto ele, ou será que sou? Como você pode perceber, esses questionamentos constantes geram ainda mais perguntas sobre a sua própria competência e, com isso, é quase impossível não se sentir inseguro.

Esteja você começando agora ou não, entenda que ninguém alcança o topo rapidamente. O importante é se comparar com quem você foi ontem e sempre progredir na sua carreira de maneira plena e segura, tendo um bom planejamento para alcançar cargos cada vez maiores. Dessa forma, você evita perder tempo com dúvidas pessoais e passa a colher o fruto dos seus esforços de maneira objetiva.

Se você se enquadrou em um ou mais desses fatores que geram insegurança no trabalho, sugerimos que trabalhe em cima de cada um deles com algumas das dicas que acabamos de mencionar. Outra boa atitude é procurar por uma consultoria para conseguir traçar um plano de ação eficiente e voltado para resultados. Em pouco tempo, temos certeza que você se tornará um profissional seguro, competente e muito bem requisitado no seu setor.

Gostou da post? Então leia o nosso artigo sobre como superar insegurança e se destacar e dê um salto na sua carreira!

autoconfiança na marca pessoal

Patricia Dalpra é Estrategista em personal branding e gerenciamento de carreira.

O trabalho que Patricia Dalpra desenvolve surgiu de uma vontade e de uma certeza: vontade de levar pessoas e empresas a crescer, alcançar seus objetivos de negócios e de imagem e se relacionar melhor com outras pessoas e empresas; e certeza de que um trabalho estruturado de gestão de imagem e carreira é um dos melhores caminhos para se chegar lá. Ao longo de mais de uma década, a Patricia Dalpra já trabalhou para centenas de profissionais, executivos, empresários, atletas, instituições e empresas.

Specialties: Gestão de imagem, gestão de carreira e coaching. Personal branding, branding executivo, brand on, brand off, estudo do dna pessoal e corporativo e comunicação.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *